Partilhar
Partilhar em:

Como cuidar dos calos nos cotovelos do meu cachorro

Passo a passo
Dificuldade: Baixa
Avaliação: 4,5 (160 votos)
46 vezes partilhado
 
Como cuidar dos calos nos cotovelos do meu cachorro

As calosidades não são somente próprias dos humanos, nossos queridos companheiros também podem sofrer com elas e, como nós, experimentarem desconfortos. Mas este problema tem soluções simples que farão com que o seu cão se sinta muito melhor, em umComo.com.br explicamos como cuidar dos calos nos cotovelos do seu cachorro e dar uma melhor qualidade de vida para ele.

Também lhe pode interessar: Como cuidar dos dentes do meu cachorro
1

O aparecimento de calos deve-se, normalmente, a uma constante pressão em determinada área do corpo do animal por causa do seu excesso de peso ou pelo atrito com superfícies que são muito rústicas, como por exemplo a terra, o chão de cimento, etc.

2

Os calos costumam aparecer nos cotovelos dos cães de pelo curto, mas também podem aparecer na região glútea. Estas calosidades produzem desconfortos, pois estão constantemente em atrito com o chão e as diferentes superfícies nas quais nosso cão se senta ou se deita.

3

Em muitos casos as calosidades nos cotovelos ou na região glútea do nosso cão podem tornar-se feridas que causam sangramento e infecções, pois se o atrito com as superfícies duras é constante dificulta a melhora do animal se não cuidamos da situação.

4

A melhor forma de curar os calos do nosso cão é aplicando várias vezes ao dia um creme hidratante para melhorar e dar flexibilidade à pele dessa área. Sob nenhuma hipótese aplique creme para humanos, você deverá consultar o seu veterinário e pedir que recomende o produto adequado para o seu animal de estimação.

5

Uma medida que você pode tomar imediatamente é melhorar a superfície na qual o seu animal costuma deitar-se para que seja mais confortável. Por exemplo, colocar um bom colchão na área onde ele dorme ou na área onde passa a maior parte do tempo deitado ou, no caso das pessoas com jardim, mudar sua casa para um lugar onde tenha pasto ou grama. Quanto menos atrito tenha com superfícies duras, mais rápido o seu cachorro se recuperará.

6

Se apesar de aplicar o creme e mudar a superfície onde o animal se deita você observa que o problema não melhora, é aconselhável levá-lo ao veterinário para que o especialista possa vê-lo e procurar uma solução melhor.

7

Este artigo é meramente informativo, no umComo.com.br não temos capacidade para receitar nenhum tratamento veterinário nem realizar nenhum tipo de diagnóstico. Convidamo-lo a levar o seu animal de estimação ao veterinário caso apresente qualquer tipo de condição ou mal-estar.

Se deseja ler mais artigo parecidos a Como cuidar dos calos nos cotovelos do meu cachorro, recomendamos que entre na nossa categoria de Animais de estimação.

Relacionados
Comentários (0)

Escrever comentário sobre Como cuidar dos calos nos cotovelos do meu cachorro

Muito útil

Descubra vídeos interessantes
DIY
Aulas de Zumba
Top 10
Tratamentos de Pele
Como cuidar dos calos nos cotovelos do meu cachorro
Como cuidar dos calos nos cotovelos do meu cachorro