Partilhar

Benefícios de esterilizar meu gato

 
Por Redação umCOMO. Atualizado: 16 janeiro 2017
Benefícios de esterilizar meu gato

Está pensando em esterilizar seu gato? Então deve saber que é uma prática comum que se realiza nos gatos domésticos para melhorar a sua qualidade de vida e evitar que sofram com cios intensos. Há muitas pessoas que são contra esta prática ao considerar que se trata de uma operação antinatural que priva o animal do seu instinto mais básico e primário como o de procriar, mas a verdade é que há algumas vantagens para o gato que é importante conhecer. Neste artigo de umComo vamos revelar os benefícios de esterilizar um gato para que possa avaliar se quer operar o seu melhor amigo ou não.

Também lhe pode interessar: Como e porquê esterilizar o meu gato

Benefícios de esterilizar um gato para sua saúde

Esterilizar um gato tem várias vantagens tanto para o animal como para a pessoa que convive com ele já que, em primeiro lugar, evita que as gatas fiquem grávidas sem que isto fosse desejado e, portanto, reduz-se o risco de aumentar a população de gatos de rua.

Mas além disso, há outras vantagens que vale a pena conhecer porque ajudam o animal a ter uma vida mais saudável.

Vantagens para as gatas

Quando esterilizamos uma gata, reduzimos o risco dela sofrer de doenças relacionadas com seu sistema reprodutor: câncer, ovários policísticos, metrite ou piometra. Também se minimiza a possibilidade da gatinha sofrer de câncer de mama ou sofrer de uma gravidez psicológica.

Vantagens para os gatos

No caso dos machos, ao esterilizá-los reduzimos o risco de sofrerem de condições relacionadas, também, com seu sistema reprodutor, sobretudo, na zona dos testículos. Neste caso evitamos que sofram de câncer, de prostatite, hérnias perianais, adenomas ou hiperplasia prostática.

Benefícios de esterilizar meu gato - Benefícios de esterilizar um gato para sua saúde

Benefícios no seu comportamento

Além de melhorar alguns aspectos da sua saúde, outro dos benefícios de esterilizar um gato é que muda seu comportamento e o animal costuma ficar mais calmo e tranquilo, motivo pelo qual há comida específica para gatos castrados que deve dar ao seu animal se tiver decidido operá-lo. Neste artigo contamos para você como alimentar um gato esterilizado para que tenha em conta as novas necessidades nutritivas do seu amigo.

Com a esterilização reduz-se a produção de hormônios sexuais como a testosterona, a progesterona ou o estrogênio; isto não significa que deixem de produzir, mas que sua produção diminui e, portanto, o comportamento do animal ficará modificado de forma imediata.

No caso dos machos, muitas vezes costumam urinar fora da caixa para marcar território e demonstrar que esse é o seu lugar, um comportamento que, em parte, vem induzido pelos hormônios sexuais; quando se castra, isto costuma deixar de ocorrer e o animal fará suas necessidades no espaço que tem habilitado para isso. Neste sentido, a sua agressividade também será reduzida ou o seu comportamento territorial.

No caso das gatas, ao esterilizá-las, podemos ver como relaxam, não têm interesse algum nos machos e, além disso, costumam ficar mais carinhosas com as pessoas. Além disso, os períodos de cio serão reduzidos, portanto, deixarão de passar mal (há gatas que têm cio a cada 2 semanas e emagrecem muito ao não comer e estar em um grande estado de estresse).

Benefícios de esterilizar meu gato - Benefícios no seu comportamento

Quando esterilizar um gato

Se você decidiu esterilizar seu gato, deve saber antes que se recomenda fazê-lo em um determinado momento. Em umComo recomendamos que você consulte o seu veterinário de confiança para que lhe indique qual é o melhor momento para fazer esta operação, pois há muita controvérsia em relação a este assunto e ninguém melhor que ele para o assessorar e dar a você sua recomendação.

Mas, no geral, recomenda-se que as fêmeas sejam esterilizadas quando tiverem passado seu primeiro cio. Antes costumava-se fazer a partir dos 8 meses, mas esta medida do tempo pode não ser precisa porque neste tempo a gata pode ficar grávida já que o primeiro cio costuma ser aos 6 meses, aproximadamente.

Assim, há alguns especialistas que consideram que devemos esperar pelo primeiro cio da gata para fazer a operação e, no caso dos machos, que se realize entre as 8 e 16 semanas de vida para evitar comportamentos agressivos ou territoriais. De fato, recomenda-se que se realize assim que se detectar algum destes comportamentos.

Neste artigo de umComo contamos a você qual é a idade para esterilizar um gato.

Benefícios de esterilizar meu gato - Quando esterilizar um gato

Se pretende ler mais artigos parecidos a Benefícios de esterilizar meu gato, recomendamos que entre na nossa categoria de Animais de estimação.

Escrever comentário sobre Benefícios de esterilizar meu gato

O que lhe pareceu o artigo?

Benefícios de esterilizar meu gato
1 de 4
Benefícios de esterilizar meu gato

Voltar ao topo da página