Partilhar

Causas da febre em gatos

Por Redação umCOMO. Atualizado: 4 dezembro 2019
Causas da febre em gatos

A temperatura corporal do seu felino deve estar entre os 38 e 39 graus; se superar este intervalo significa que o seu gato está com febre e deve prestar atenção para encontrar a causa desta mudança de temperatura que pode colocar em risco grave a sua saúde. A febre é um sintoma de que algo está errado, por isso deverá encontrar o quanto antes o motivo desta mudança para iniciar o tratamento o quanto antes. Em umComo.com.br contamos para você quais são as causas da febre em gatos.

Também lhe pode interessar: Como baixar a febre de meu gato
Passos a seguir:
1

Para saber se o seu felino está com febre deve ver se o seu focinho está seco e quente e, de seguida, para se certificar deverá medir a sua temperatura corporal. A forma mais fácil é colocar o termômetro sob a sua pata; se for impossível porque o seu gato não para quieto, vá ao veterinário.

Seja como for, a febre é um estado de alarme e às vezes pode ser uma arma para combater uma doença. Mas se a temperatura passar dos 41 graus, o estado de saúde do seu animal pode estar em grave perigo, já que seus órgãos podem começar a falhar. Conhecer as causas da febre no seu gato é fundamental para começar um tratamento de imediato.

Causas da febre em gatos - Passo 1
2

A febre ocorre quando o sistema imunológico do gato se ativa pela presença de algum tipo de anomalia no organismo. A febre não é um sintoma de qualquer problema de saúde, costuma ser a causa de doenças ou problemas concretos que deverá considerar para cuidar do seu gato.

As causas mais habituais de febre em um felino são as doenças virais ou bacterianas como a leucemia ou a cinomose. Outro motivo que pode afetar a temperatura corporal do seu gato são os tumores, apesar de ser algo mais provável em gatos mais velhos.

3

O seu gato pode ter febre por infecções bacterianas, virais ou por fungos de menor importância. Também pode ser por causa de um resfriado ou inclusive de uma gripe. Existem doenças como o lúpus e a pancreatite que podem provocar mudanças na temperatura do seu animal, mas também pode ser o efeito colateral de algum medicamento que o seu gato esteja tomando.

Neste caso, recomendamos que nunca medique o seu animal por conta própria: qualquer tratamento deve ser supervisado pelo seu veterinário.

Causas da febre em gatos - Passo 3
4

Estas são as causas mais comuns da febre em gatos, mas não se esqueça que muitas vezes não terão apenas esse sintoma. É fundamental que observe o seu animal de estimação, o seu comportamento e os seus hábitos, porque com toda essa informação encontrará a causa e poderá iniciar o tratamento o quanto antes.

Lembre-se que no caso de doenças como leucemia, câncer ou cinomose, deverá proceder com rapidez porque a vida do seu gato pode estar por um fio. São doenças com uma elevada taxa de mortalidade, por isso recomendamos que não perca tempo!

5

Uma das pistas que pode indicar se o seu gato está com febre é o focinho seco, um sintoma muito frequente quando um gato apresenta um quadro febril. Também pode perder o apetite, consumir menos água, ter um comportamento apático ou com pouca energia, inquietude, falta de higiene, calafrios, respiração acelerada e inclusive tremores.

É preciso considerar que as causas da febre podem ser de maior ou menor gravidade e, em casos extremos, o seu gato poderia falecer. Recomendamos que perante qualquer estado de febre vá ao veterinário.

Causas da febre em gatos - Passo 5

Se pretende ler mais artigos parecidos a Causas da febre em gatos, recomendamos que entre na nossa categoria de Animais de estimação.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?

Causas da febre em gatos
1 de 4
Causas da febre em gatos

Voltar ao topo da página