Partilhar

Como cuidar de um gato com AIDS

Por Sara Viega. Atualizado: 16 janeiro 2017
Como cuidar de um gato com AIDS

O vírus da imunodeficiência felina ou FIV é o responsável pelo contágio da AIDS felina, uma condição que não é transmissível aos humanos. Esta condição ocorre normalmente em gatos de rua, nos que vivem em grupos e também nos gatos domésticos que costumam sair de casa e passar tempo na rua. Transmite-se através da mordida de um gato infectado e infelizmente não conta com um tratamento que permita a cura do animal. Por este motivo, é importante oferecer ao seu pet as atenções necessárias para garantir o seu bem-estar, e neste artigo de umComo explicamos a você como cuidar de um gato com AIDS.

Também lhe pode interessar: Como saber se meu gato tem AIDS
Passos a seguir:
1

O mais importante a ter em conta é que o contágio da AIDS felina é pouco provável em gatos domésticos que vivem sozinhos e que não saem de casa. Esta doença apresenta-se habitualmente em animais que vivem em grupo ou naqueles que saem à rua e se envolvem em brigas com outros gatos, pois a mordida é a forma de transmissão mais habitual.

Não contagia humanos nem outros animais, e o seu tratamento consiste em minimizar os sintomas da condição, já que não existe cura possível. Uma vez que o veterinário confirme que nosso gato tem FIV, é muito importante oferecer os cuidados necessários para garantir o seu bem-estar.

2

A AIDS felina destrói progressivamente as defesas do gato, afetando o seu sistema imunológico e fazendo com que qualquer vírus ou bactéria possa entrar nele causando danos. Cuidar do animal é essencial para garantir que a sua vida decorra da melhor forma possível, por isso a primeira coisa que deve ter em conta é oferecer ao seu pet um alimento de qualidade, que tenha proteínas e nutrientes e que seja adequado para a sua idade. Em nosso artigo como saber se uma ração é de qualidade damos a você as dicas para detectar se o alimento oferece boas proteínas para o seu animal de estimação.

Consulte o veterinário se existir algum tipo de ração mais indicado para a sua condição e, sobretudo, evite dar comida caseira ou ingredientes cujos efeitos desconhece. Em nosso artigo alimentos tóxicos para os gatos poderá conhecer os ingredientes inadequados para os felinos.

Como cuidar de um gato com AIDS - Passo 2
3

É muito importante que mantenha o calendário de vacinação de seu gato em dia de forma estrita, não se esqueça que o animal não conta com um sistema imunológico eficaz e se esquecer das vacinas e reforços, qualquer doença simples poderia gerar grandes complicações. Cuidar da saúde de seu gato nesta etapa é mais necessário que nunca.

Como cuidar de um gato com AIDS - Passo 3
4

Para cuidar de um gato com AIDS é fundamental que o mantenha livre de todo o tipo de parasitas, incluindo as pulgas. Não se esqueça que os parasitas são capazes de transmitir doenças e de debilitar notavelmente o seu felino, pois o animal não conta com um sistema imunológico eficiente, por isso as pulgas, carrapatos ou parasitas internos podem ser muito prejudiciais para o seu bem-estar.

Em nosso artigo como desparasitar o meu gato encontrará as dicas para o conseguir com sucesso.

Como cuidar de um gato com AIDS - Passo 4
5

É importante que em casa o gato conte com um meio agradável e cômodo e uma rotina bem estabelecida. Dê seu alimento sempre nas mesmas horas, mantenha a sua caixa de areia muito limpa e se certifique de que seu pet receba todo o amor e carinho que precisa. Não estresse o seu gato, não o force a realizar coisas que não deseja e evite que se sinta ansioso.

Um ambientador com feromônios pode ajudar a reduzir o estresse do gato e a melhorar a sua disposição emocional, consulte o seu veterinário a respeito da melhor opção.

Como cuidar de um gato com AIDS - Passo 5
6

Quando se trata de cuidar de um gato com AIDS é oportuno fornecer ao animal alguns suplementos que o mantenham nutrido e garantam uma boa saúde. A vitamina A, B1, B6, B12, C, a lisina ou o ômega 6 são alguns dos nutrientes que podem ser úteis.

Para encontrar os melhores suplementos para seu pet, o melhor é consultar o veterinário, que saberá dar a você as melhores alternativas. Adicionalmente, lembre-se de levar sempre o seu pet ao veterinário quando notar que não está bem. Cuidar da sua saúde e dar-lhe atenção médica profissional é muito importante.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como cuidar de um gato com AIDS, recomendamos que entre na nossa categoria de Animais de estimação.

Escrever comentário sobre Como cuidar de um gato com AIDS

O que lhe pareceu o artigo?

Como cuidar de um gato com AIDS
1 de 5
Como cuidar de um gato com AIDS

Voltar ao topo da página