Partilhar

Como cuidar de um gato com leucemia

Como cuidar de um gato com leucemia

A leucemia nos gatos é causada por um vírus, chamado FeLV, e é mais comum em gatos que vivem em grupo, uma vez que é transmitida pelas secreções dos membros (saliva, urina, etc.). Os sintomas costumam ser inespecíficos e em muitas ocasiões apenas se detecta emagrecimento, debilidade e predisposição a várias infecções. No seguinte artigo de umComo.com.br, mostramos como cuidar de um gato com leucemia para saber que atenções requer seu animal de estimação e garantir-lhe uma boa saúde.

Também lhe pode interessar: Como saber se meu gato tem leucemia

Os outros gatos

Diante do caso de um gato suspeito que será introduzido em um grupo, ou no caso de um gato saudável que irá conviver com outros, deveriam ser tomadas algumas precauções.

Se o gato infectado vive em grupo, seus companheiros deveriam verificá-lo, para saber se também estão contaminados, e vaciná-lo para prevenção.

Se um gato será introduzido em um grupo no qual desconhecemos o estado sanitário dos demais, este deve ser verificado e vacinado antes de fazê-lo.

Aumentar as defesas e evitar infecções

O gato afetado deve ser desparasitado internamente e ser vacinado contra as doenças comuns que pode o podem afetar.

Este ponto é de extrema importância já que o FeLV pode diminuir o sistema imune, baixando as defesas, e qualquer doença poderia ser muito perigosa para ele.

O uso de estimulantes do sistema imunitário, que serão prescritos pelo seu veterinário, costuma ser indicado.

Também deverá receber alimentação nutritiva e de qualidade, além de apetitosa para evitar, na medida do possível, a anorexia e a perda de peso que costumam acompanhar o FeLV.

Cuidados e controle

Os gatos infectados pelo FeLV podem viver até vários anos com uma qualidade de vida normal.

É muito conveniente controlar regularmente o peso dos gatos infectados, já que uma diminuição de peso reflete um agravamento da doença. Recomenda-se pesar o animal todas as semanas.

Além disso, é aconselhável estar atento ao estado de saúde do gato já que, como temos visto, a leucemia pode levar a sofrer de outras doenças. Por esse motivo, diante de qualquer sintoma de doença, deve-se estar atento e ir ao veterinário em caso de dúvida.

Os gatos infectados não deveriam sair de casa para evitar que pegue doenças que podem ter os gatos de rua e que poderiam ser muito graves para os gatos infectados por ter defesas baixas.

A leucemia pode ser apresentada de várias formas diferentes e pode ter tratamentos específicos veterinários diversos, mas em qualquer caso, recomenda-se seguir atentamente as indicações do médico.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como cuidar de um gato com leucemia, recomendamos que entre na nossa categoria de Animais de estimação.

Escrever comentário sobre Como cuidar de um gato com leucemia

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
magda rodrigues
Qual o tipo de ração que meu gato deve comer já que ele está com Felv e esta com as enzimas muito altas?
Redação umCOMO (Editor/a de umCOMO)
Oi Magda, nesse caso o melhor é perguntar para o veterinário qual é a ração que ele acha que é melhor para o seu gato.

Como cuidar de um gato com leucemia
Como cuidar de um gato com leucemia

Voltar ao topo da página