Partilhar

Como escolher a comida do meu cachorro

Por Sara Viega. Atualizado: 16 janeiro 2017
Como escolher a comida do meu cachorro
Imagem: canadianpetconnection.com

A alimentação de seu cachorro é um aspecto que não deve descuidar para que o animal tenha uma vida saudável e equilibrada. Deverá escolher a comida de seu animal de estimação em função da sua idade e de seu tamanho. O tipo de alimentação que você oferece ao seu cachorro e os ingredientes dela são essenciais para assegurar que a sua alimentação cobre todas as suas necessidades nutricionais. Se estiver preocupado com a alimentação de seu cachorro e quer saber como escolher a comida de seu cachorro de forma adequada, continue lendo este artigo de umComo.com.br e descubra as dicas que damos para você.

Comida úmida ou comida seca?

Uma das perguntas mais frequentes quando temos que escolher a comida de nosso cachorro é: lata ou ração? A comida em lata corresponde à dieta úmida e a ração à seca. Também existe a dieta semi-úmida, com uma quantidade de umidade intermediária, são os hambúrgueres ou pedaços de carne para cachorros. Apesar de que a dieta úmida é mais apetitosa para nosso cachorro, as latas possuem muito mais quantidade de gordura do que a ração seca e podem provocar obesidade em nosso animal. Só por isso, não é recomendável basear a dieta de nosso cachorro apenas em latas. O mais adequado é alimentar o cachorro com ração, já que ela tem todos os nutrientes e proteínas que nosso animal precisa e favorece a higiene bucal, porque ao mastigar e triturar a comida, atrasa o aparecimento da placa bacteriana nos dentes. No entanto, é recomendável escovar os dentes de nosso cachorro. Se ele fizer o exercício adequado, de vez em quando você pode misturar com comida semi-úmida.

Como escolher a comida do meu cachorro - Comida úmida ou comida seca?
Imagem: healthypets.mercola.com

Escolher a comida do meu cachorro

Dentro da dieta seca, existe uma grande variedade de rações entre as quais podemos escolher a comida de nosso cachorro. Em função da idade de nosso animal, devemos escolher um tipo de ração ou outro.

Os primeiros meses de seu cachorro são importantíssimos porque marcarão todo o seu crescimento e desenvolvimento. Sendo assim, no caso dos filhotes, deverá escolher uma comida equilibrada, que inclua:

  • Variedade de nutrientes e proteínas.
  • Grande concentração energética.
  • Muita fibra para facilitar a digestão e expulsar facilmente as bactérias e parasitas que a mãe passou para ele através do leite materno.

É bastante importante que o alimento do filhote estimule suas defesas para evitar que ele pegue alguma doença perigosa, como a parvovirose canina. Normalmente, a ração adequada para os filhotes apresenta-se em forma de bolinhas muito pequenas. Durante os 2 primeiros meses de vida, é recomendável umedecer um pouco a ração com água para facilitar a trituração da comida. Pouco a pouco, comece a dar a ração completamente seca. Não dê nunca a sua comida ao filhote porque alteraria seu organismo.

Escolher a comida do meu cachorro adulto

A partir de um ano de vida, seu cachorro já é adulto e deve começar a trocar sua ração. Lembre-se que os cachorros são, principalmente, animais carnívoros, e por isso devemos evitar o excesso de cereais na ração do animal. Os cereais costumam ser sinônimo de ração de má qualidade. Por isso, preste atenção aos ingredientes da comida de seu cachorro e certifique-se de que:

  • A ração não contém milho, farinha de milho, soja nem trigo, porque os cachorros não podem digerir corretamente este tipo de alimentos e além disso podem causar alergias.
  • Não inclui conservantes químicos nem aditivos, como BHA, BHT ou propylene gallate.
  • A fonte de proteínas da ração é importantíssima para assegurar a digestividade da comida. O peixe e a carne devem ser as principais fontes de alimentação.
  • Contenha vitamina E, C e Omega-3, pois são muito saudáveis para os cachorros.
  • A fonte de carboidratos seja o arroz, a aveia ou o fermento.
  • Em função do nível de atividade, é recomendável que tenha uma quantidade mínima de gordura.
  • Tenha fibra, frutas, cevada, glucosamina e condroitina.
  • E o mais importante, que todos os ingredientes sejam aptos para o consumo humano (human-grade).

Os ingredientes da ração do cachorro devem vir escritos de forma explícita e clara, quanto mais naturais e saudáveis forem, melhor, como a carne fresca de frango, vaca ou cordeiro. Muitas marcas usam derivados das fontes de alimentação, como por exemplo a farinha de frango, nada recomendável para a comida de seu cachorro.

Escolher a comida de meu cachorro em função do seu tamanho

O tamanho do cachorro também possui um papel importante na hora de escolher a comida dele. Os cachorros de tamanho gigante, como o São Bernardo ou o Dogue Alemão, precisam de mais valor energético que os de raça pequena. Seu crescimento e desenvolvimento é bem mais longo e lento que o dos pequenos, e portanto sua comida deve ser conforme com o seu desenvolvimento. Os cachorros adultos de tamanho grande precisam de uma ração muito digestiva e com alto conteúdo calórico para cobrir suas necessidades nutricionais. A vitamina E e C são essenciais em sua dieta. O fósforo, ao invés disso, é um ingrediente que deve aparecer em quantidades mínimas.

Os cachorros pequenos precisam de um tipo de croquetes que façam eles mastigarem e que favoreçam a eliminação da placa bacteriana, já que são mais propensos à criação de tártaro. Para evitar a obesidade, a quantidade de gordura deve ser mínima. Eles possuem a tendência de sofrer transtornos digestivos, por isso a fibra, frutas, aveia, glucosamina e condroitina são ingredientes que não podem faltar na comida de seu cachorro pequeno.

Conselhos e recomendações

Um aspecto importante que devemos considerar na hora de escolher a ração de nosso cachorro é que tenha sido feita em uma instalação de alimentação humana (human-grade). Muitas marcas fabricam a alimentação dos cachorros com produtos não aptos para os humanos, como ossos, tripas, penas, etc. As instalações de alimentação humana garantem que a ração cumpre com os requisitos sanitários e que os ingredientes usados também são aptos para o consumo humano.

A qualidade do alimento de nosso animal é importantíssimo se queremos que ele tenha uma vida saudável e equilibrada. Por isso, tenha em consideração todas estas indicações. Também é muito importante escolher o pote de comida para que ele possa comer corretamente e a quantidade de comida que nosso cachorro deve tomar.

Como escolher a comida do meu cachorro - Conselhos e recomendações
Imagem: petmag.com.br

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como escolher a comida do meu cachorro, recomendamos que entre na nossa categoria de Animais de estimação.

Conselhos
  • De forma alguma alimente seu cachorro com sua própria comida, seja ele filhote ou adulto, porque poderia alterar seu organismo e inclusive provocar nele uma intoxicação alimentar.

Escrever comentário sobre Como escolher a comida do meu cachorro

O que lhe pareceu o artigo?
5 comentários
A sua avaliação:
jucy
estou preocupada meu cachorro está magro por falta de alimentação. já fiz de tudo pra animar pra comer mais não tem acordo. o que faço?
Terezinha Camilo
Estou com um filhote de Shih Tzu com 3 meses trata se de uma femea,estou alimentando a com ração Dog Chow da Purina filhotes.Espero que esteja certa mas estou notando que esse pequeno ser esta ficando brava demais inclusive me mordendo quando tento segura la .O que devo fazer ficar brava com ela?Se bem que ela vem de duas raças shih tzu e poodle,por favor preciso de orientação. Agradeço pela atenção
Suely bazole
Tenho dois rotiwwiles eles comem polenta e ração golden megam gostaria de saber se a polenta pode ser prejudicial a saúde deles costumo misturar a polenta legumes verduras e fígado de frango , está difícil tratar deles só com a ração então optei por misturar com a polenta ao invés de trocar a ração por uma mais barata mas li que o milho não faz bem para cães gostaria de saber se faz mal
renan
me ajudou muito,obrigado
Sara Viega (Editor/a de umCOMO)
Oi Renan, que bom saber! Muito obrigada pelo seu comentário e continue nos acompanhando :)
marisa nascimento
gostaria de saber em qual parte do animal aplicar a vacina.se possivel me informar todas as vacinas que o animal precisa.tenho 3cadelas; 2anos,6 anos,10anos e uma gata de 4anos

Como escolher a comida do meu cachorro
Imagem: canadianpetconnection.com
Imagem: healthypets.mercola.com
Imagem: petmag.com.br
1 de 3
Como escolher a comida do meu cachorro

Voltar ao topo da página