Partilhar

Como saber se meu cachorro tem depressão

Como saber se meu cachorro tem depressão
Fonte: pixabay.com

Os cachorros são animais rotineiros, precisam de um padrão horário para encontrar a estabilidade e sentir que controlam todos e cada um dos elementos que fazem parte de seu meio. Quando alguma coisa falha ou é alterada, eles podem entrar em um estado de estresse ou ansiedade que, se não for identificado e tratado, pode chegar inclusive a derivar em uma depressão. Os transtornos emocionais são condições muito comuns nos cachorros, mas difíceis de detectar. Muitas vezes deparamo-nos com um quadro de ciúmes, caso tenhamos acabado de introduzir um novo animal no lar, mau comportamento ou cansaço. Continue lendo este artigo de umComo e descubra como saber se seu cachorro tem depressão para começar a combatê-la e devolver-lhe a felicidade.

Também lhe pode interessar: Como tratar a depressão nos cachorros
Passos a seguir:
1

A primeira coisa que você deve saber é que existem determinados tipos de cachorros que apresentam uma maior tendência depressiva que o resto, é o caso das raças Terrier. Por seu caráter e personalidade, estes cachorros têm mais possibilidades de sofrer de depressão. Do mesmo modo, um cachorros proveniente de um abrigo ou de um canil e que tenha sido adotado adulto estará mais vulnerável à mudança do seu meio.

2

Para identificar os sintomas da depressão canina devemos prestar atenção especial no comportamento do nosso cão. Uma das primeiras mudanças notáveis costuma ser a falta de atividade e de relação com outros cachorros. Em geral, um cachorro em estado depressivo perde o interesse na socialização e em brincar com outros cães. Do mesmo modo, apresenta uma clara apatia em relação a seus donos e a outros humanos.

3

É possível, inclusive, que tenha deixado de correr e comece a caminhar mais lentamente, ainda que tenha sido um cachorro enérgico até então. Normalmente, os cães que ao saírem para passear se alteram, pulam e correm sem obedecer ao dono, costumam agir dessa determinada forma porque estão estressados ou ansiosos devido à falta de exercício. Quando acontece o contrário, e o cão não quer realizar nenhum tipo de atividade, falamos em depressão.

Como saber se meu cachorro tem depressão - Passo 3
4

As mudanças no apetite são outro sintoma frequente da depressão canina. Em geral, os cachorros depressivos costumam perder a fome, provocando uma considerável perda de peso. No entanto, cada cão é diferente, e com muitos acontece exatamente o contrário, comem excessivamente ou até deixarem o pote vazio. Observe se seu cachorro tem deixado de comer ou come uma maior quantidade que a normal. Um sintoma que costuma apresentar a maioria dos cachorros depressivos é um aumento da ingestão de água.

5

Um cachorro que se encontre em estado de depressão média ou avançada, muito provavelmente dormirá bem mais do que deve. É possível, inclusive, que ocupe grande parte de seu dia dormindo e bebendo água. No entanto, do mesmo modo que acontece com as mudanças alimentares, alguns cachorros apresentam sintomas contrários, isto é, não conseguem dormir.

Como saber se meu cachorro tem depressão - Passo 5
6

Outro dos sintomas que um cachorro com depressão pode apresentar é chorar ou ganir com frequência e sem motivo aparente. Muitos cachorros recorrem a este gesto para pedir ajuda ao seu dono e conseguir que preste mais atenção nele. Do mesmo modo, podem apresentar outras mudanças de comportamento como ir de um lado para o outro ou esconder-se em algum canto da casa, coisas que antes não faziam. É importante prestar atenção nestes sintomas porque é possível que a causa da depressão canina seja uma falta de atenção por nossa parte.

7

Se seu cachorro apresentar algum destes sintomas e você desconfiar que ele possa sofrer de um estado de depressão, não hesite em levá-lo ao veterinário para que o examine e inicie o tratamento adequado para combatê-la. Como você pode ver, todos estes sintomas não são exclusivos desta condição, pelo que é possível que em vez de depressão ele sofra de alguma outra doença ou doença física. É por isso que é fundamental que seja um profissional quem determine o que está acontecendo com o seu cachorro.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como saber se meu cachorro tem depressão, recomendamos que entre na nossa categoria de Animais de estimação.

Escrever comentário sobre Como saber se meu cachorro tem depressão

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
RUZA LUIZ SANTOS
Olá! meu cachorrinho o Lucky, tem 8 anos da raça poodol e anda um pouco diferente que me preocupa bastante, tenho também uma cachorrinha a 5 anos da raça shiatsu, acontece que o cachorro deu agora pra implicar com a cachorra que alguns meses atrás se davam muito bem agora ele não deixa ela ficar perto de me ataca ela, antes se uniam bastante eu não deixo, nisso ele vai pra debaixo da cama e fica olhando. O que devo fazer? Eu dou atenção aos dois.

Como saber se meu cachorro tem depressão
Fonte: pixabay.com
1 de 3
Como saber se meu cachorro tem depressão

Voltar ao topo da página