Partilhar

Como saber se o meu gato vai atacar

Por Redação umCOMO. Atualizado: 20 janeiro 2017
Como saber se o meu gato vai atacar
Imagem: fistro.com

Ter um gato como animal de estimação é muito gratificante, uma vez que nos comunicam o seu estado de humor através da linguagem corporal, e se observarmos bem podemos entender quase na perfeição. Mas, será que conseguimos diferenciar quando o nosso gato está em situação de alerta? Ou quando está em posição de ameaça ou ataque? Por isso, em umComo.com.br queremos mostrar-lhe como saber se o seu gato vai atacar.

Também lhe pode interessar: Por que meu gato ataca as visitas

Situação de alerta

Quando o seu gato se encontrar em situação de alerta, irá indicar-lhe com um olhar amplo, direto e com os bigodes e as orelhas inclinadas para a frente. Além disso, sente-se nervoso e irá contrair os orifícios nasais com a intenção de identificar o odor.

Receber uma ameaça

Quando o seu gato sentir que está recebendo uma ameaça de outro gato ou de outro tipo de animal, primeiro permanecerá imóvel, com um olhar fixo para o seu "atacante". Passados alguns instantes, o gato começará a mexer a cauda lentamente de um lado para o outro, com as orelhas e os bigodes para a frente para identificar o seu "agressor". Se se sentir atacado e o seu "agressor" se aproximar, o gato ficará com as orelhas achatadas para trás, elevando o queixo para a frente, inclinando o seu corpo enquanto o seu pêlo começa a levantar-se e a sua cauda a eriçar-se.

Posição de ameaça

Depois do ponto descrito anteriormente "receber uma ameaça", se o gato sentir que o seu "agressor" está demasiado próximo, começará a rosnar para ele. Antes do ataque, quando o gato está no seu modo mais ameaçador, comunicando-nos o seu estado de máxima raiva, o gato ficará com o corpo totalmente torto perante o intruso e com o seu pêlo totalmente eriçado, tanto no corpo como na cauda. Além disso, o gato colocará o queixo contra o pescoço com a intenção instintiva de proteger a sua garganta perante um possível ataque. Os seus olhos olham fixamente para o intruso e as suas orelhas continuam achatadas contra a cabeça, e o focinho deixa ver um pouco os dentes enquanto rosna avisando o intruso de um possível ataque.

De situação de alerta a posição de alerta

Se alguma vez o seu gato se encontrar em posição de alerta total na presença de um estranho, para além da linguagem corporal descrita anteriormente, também os músculos do seu gato tanto da parte de trás como das patas traseiras permanecerão tensos, perante a possibilidade de um ataque, uma luta ou uma fugida. O peso do gato apoia-se apenas numa pata, enquanto as suas unhas se preparam para o ataque.

Se o adversário se aproximar, o gato avançará rosnando e salivando. Quando o adversário já não estiver à frente, o gato irá à zona onde estava e depois de cheirar e arranhar a zona, de certeza que deixará umas gotas de urina e possivelmente defecará.

Extrema agitação

Quando o seu gato se encontrar numa situação de extrema agitação abrirá os olhos por completo e moverá a sua cauda muito rapidamente de um lado para o outro, como se estivesse procurando uma forma de escapar, encolhendo o seu corpo, com o queixo, protegendo o pescoço e as orelhas achatadas para trás. É importante não tocar no gato quando estiver deste forma, pois pode reagir violentamente.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como saber se o meu gato vai atacar, recomendamos que entre na nossa categoria de Animais de estimação.

Escrever comentário sobre Como saber se o meu gato vai atacar

O que lhe pareceu o artigo?

Como saber se o meu gato vai atacar
Imagem: fistro.com
Como saber se o meu gato vai atacar

Voltar ao topo da página