Partilhar

Como ter um cachorro e um gato na mesma casa

Por Sara Viega. Atualizado: 16 janeiro 2017
Como ter um cachorro e um gato na mesma casa

Pode ser algo muito complicado mas a verdade é que é possível que um cão e um gato convivam na mesma casa de forma pacífica e se deem bem. Mas para isso você deve preparar muito bem a apresentação entre ambos os animais para que se sintam seguros e tranquilos com o novo amigo. Neste artigo de umComo contamos a você como ter um cachorro e um gato na mesma casa conseguindo uma atmosfera tranquila e amigável.

Também lhe pode interessar: Como alimentar um gato adulto
Passos a seguir:
1

Entenda as necessidades de cada um. Se quiser ter um cão e um gato na mesma casa é importante saber que cada um precisa de um espaço, de uns cuidados e atenções diferentes. Por mais que queira criar uma convivência unânime, você deve respeitar a independência de cada um e tratá-los como o que são: dois seres totalmente diferentes. Por isso, marque um espaço que será para o gato, com a sua comida e a sua água, e outro que será o do cachorro. Não coloque os dois no mesmo lugar porque se sentirão invadidos.

2

Têm que ser sociais. Antes de adicionar um novo membro à família, é importante que o seu primeiro animal seja social. Se tiver um cão agressivo ou um gato arisco o melhor é não pegar mais nenhum animal. Mas se o seu bicho de estimação ainda for filhote, então poderá tentar modificar o seu comportamento com alguns exercícios e truques para conseguir que a adaptação do novo membro seja positiva.

Como ter um cachorro e um gato na mesma casa - Passo 2
3

Para conseguir ter um gato e um cão na mesma casa deve dedicar tempo aos dois de maneira individual. Eles devem aprender a compartilhar você e a não ter ciúmes um do outro, por isso deverá tratar os dois com carinho mas do mesmo jeito. Para conseguir este espaço de intimidade sem que um perturbe o outro, é imprescindível fazer o que dissemos anteriormente: diferenciar os espaços de cada um na casa. Assim, se o quarto pequeno é onde está a comida do gato e a cozinha a do cão, fique com cada um deles em seus respectivos espaços e dê carinho.

4

No entanto, o momento mais importante para conseguir que os dois animais convivam é a apresentação. Para evitar que o cão se altere muito, é importante que tenha feito exercício e tenha comido antes de conhecer o gato; recomenda-se, também, que o cachorro esteja preso com coleira para evitar qualquer acidente, mas não aperte muito porque senão ele se sentirá ameaçado.

Como ter um cachorro e um gato na mesma casa - Passo 4
5

Quando eles já tiverem se cheirado, pode continuar com a apresentação usando um exercício que demonstre para os dois que esse território agora é compartilhado. Para isso coloque cada um em um espaço da casa dividido por uma porta que deverá estar fechada no começo. Verá como cada um começa a chorar, arranhar a porta ou latir: isto é porque querem quebrar a barreira e ter acesso ao outro cômodo, já que é o seu território. Para acalmá-los, brinque com cada um deles e dê um prêmio quando se tranquilizarem e deixarem de pensar no que está atrás da porta.

6

A seguir, e sem abrir a porta, dê para cada um, um artigo que pertença ao outro, seja uma toalha, um brinquedo ou inclusive o seu colar. Desta forma, vão cheirar o novo inquilino e começar a sentir-se cômodos e habituados à presença do outro. Deixe que brinquem com este artigo o tempo que for necessário para que se impregnem com o cheiro do novo colega.

Como ter um cachorro e um gato na mesma casa - Passo 6
7

O seguinte passo é abrir a porta que havia entre eles, mas é recomendável colocar uma barreira entre eles para que possam se cheirar mas sem chegar a ter contato; pode pôr uma almofada grande, uma mosquiteira ou qualquer coisa que cumpra com esta função. O objetivo deste exercício é que ninguém entre no espaço do outro; você deverá ter muita paciência e premiá-los quando conseguirem isso.

8

Depois de superar estes exercícios, é hora de juntá-los no mesmo cômodo. Você deve evitar principalmente qualquer tipo de confronto entre eles e nunca mostrar preferência por nenhum dos dois; costumamos ter a tendência de pegar o gato para "salvá-lo" do cachorro já que este é maior e mais forte mas para o cachorro, este sinal é de que prefere o gato, e pode causar ciúmes.

Como ter um cachorro e um gato na mesma casa - Passo 8
9

Nas primeiras semanas de convivência o mais recomendável é que saia de casa deixando cada um no seu respectivo espaço. Não deixe os dois sozinhos e juntos porque podem acabar brigando. Pouco a pouco, quando sentir que os dois têm menos interesse um pelo outro, já estarão preparados para ficar sozinhos. Até então, feche cada um em seu cômodo enquanto não estiver em casa.

10

Para conseguir ter um cão e um gato na mesma casa deverá ter muita paciência, ser constante na relação entre os dois e, principalmente, não desesperar. Sempre que possível recomenda-se que os animais sejam filhotes de menos de 1 ano de idade, para que o fato de se acostumar ao novo membro da família seja menos traumático. Neste artigo de umComo damos a você mais conselhos sobre como fazer com que meu cão e meu gato se deem bem.

Como ter um cachorro e um gato na mesma casa - Passo 10
11

Para além disso, é muito importante que não dê comida de cachorro ao seu gato e vice-versa. Se quer saber mais acerca deste assunto, então não hesite em consultar os nossos artigos:

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como ter um cachorro e um gato na mesma casa, recomendamos que entre na nossa categoria de Animais de estimação.

Escrever comentário sobre Como ter um cachorro e um gato na mesma casa

O que lhe pareceu o artigo?

Como ter um cachorro e um gato na mesma casa
1 de 6
Como ter um cachorro e um gato na mesma casa

Voltar ao topo da página