Partilhar

Como escolher a ração para um cão com dermatite

Como escolher a ração para um cão com dermatite
Imagem: ipetme.es

A dermatite em cães é uma doença que se manifesta através de sintomas como prurido, coceira, áreas avermelhadas e descamação e irritação da pele. Estas lesões são as que aparecem inicialmente, mas se o animal não receber o tratamento adequado, avançarão originando pele dura e escurecida e deixando áreas sem ou com menos quantidade de pelos. Por esse motivo, o animal requererá cuidados especiais, bem como algumas mudanças em sua dieta para proteger a saúde de sua pele. Descubra no seguinte artigo de umComo como escolher a ração para um cão com dermatite.

Passos a seguir:
1

Em primeiro lugar, é conveniente saber que a dermatite atópica canina é uma doença cutânea causada por uma hipersensibilidade do cão a determinados componentes ambientais, como o pólen, os ácaros, o mofo, o uso de certos produtos ou as picadas de insetos, ainda que também possa ser consequência de uma alergia alimentar. Esta última, manifesta-se nos cães através de uma coceira intensa, que acaba originando um arranhado constante que produz alterações no estado natural da pele, denominada dermatite de origem alimentar.

2

Ainda que não se conheça a origem da dermatite com total exatidão, foi observado que é muito mais frequente em cães jovens e que há determinadas raças que são mais propensas à doença, como o dálmata, o boxer, o labrador, o shar pei, o pastor alemão ou o bull dog francês. É muito importante identificar se nosso cão sofre de dermatite e levá-lo ao veterinário o quanto antes, já que os arranhões e os lambidos constantes provocarão maior irritação, causando a piora da doença.

3

No tratamento da dermatite canina são fundamentais as vacinas e os fármacos que ajudam a combater o prurido e a coceira, como a administração de uma ração para cães adequada que evite qualquer tipo de reação alérgica que piore o estado da pele. Recomenda-se também o controle dos parasitas externos e dar banhos no animal com xampus que contenham propriedades antibacterianas, antimicóticas e hidratantes.

4

Em relação à questão da alimentação para cães com dermatite, é fundamental seguir as instruções do veterinário quanto à sua dieta diária e adquirir uma ração hipoalergênica e de qualidade que garanta sua boa nutrição. Esta também deve ser específica e ser capaz de melhorar a função da barreira cutânea, reduzir o prurido, a inflamação e promover a cicatrização da pele.

5

As rações que contêm ácidos graxos essenciais ômega 3 e ômega 6 são adequadas para cães com dermatite, já que contam com propriedades cicatrizantes, aceleram o processo de recuperação da pele e ajudam a manter sua hidratação. Além de escolher uma ração de qualidade, não nos devemos esquecer da importância de eliminar de sua dieta os doces e também os brinquedos mastigáveis, já que há a possibilidade de conterem algum outro componente alergênico.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como escolher a ração para um cão com dermatite, recomendamos que entre na nossa categoria de Animais de estimação.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?
2 comentários
A sua avaliação:
Antonio costs
Raçao para dermatite do cao
simone
Minha cadela tem dermatiti a raça dela e um lhasa apso de cor clara .qual a ração apropiada p ele


Como escolher a ração para um cão com dermatite
Imagem: ipetme.es
Como escolher a ração para um cão com dermatite

Voltar ao topo da página