Partilhar

Como tratar a cistite em gatos

Por Redação umCOMO. Atualizado: 20 janeiro 2017
Como tratar a cistite em gatos

A cistite felina é uma patologia bastante frequente que afeta tanto fêmeas como machos, é uma doença que pode ser muito dolorosa para o seu gato. É uma doença complexa de diagnosticar, mas uma vez que se tenha certeza dela, será preciso começar um tratamento de curto e longo prazo. A cistite idiopática requer remédios e modificação do meio para reduzir o estresse. Em umComo.com.br contamos como tratar a cistite em gatos.

Também lhe pode interessar: Sintomas de cistite em gatos
Passos a seguir:
1

Para tratar a cistite dos gatos é preciso atacar a doença em várias frentes. Serão necessários medicamentos para combater a inflamação, a dor e que bloqueiem o estímulo nervoso. Além disso, será preciso fazer tudo quanto possível por reduzir a ansiedade e o estresse do seu gato para impedir que esta doença se torne crônica ou reincidente. O tratamento é feito para tratar os sintomas para melhorar o estado de saúde do seu felino.

Geralmente os quadros de cistite sem obstrução resolvem-se no máximo em uma semana sem necessidade de medicação, mas esses dias serão muito dolorosos para o seu gato, portanto, tente tomar medidas para que não piore e, sobretudo, para que ele não sofra tanto.

Como tratar a cistite em gatos - Passo 1
2

Recomenda-se a ingestão de anti-inflamatórios não esteroides durante 7 ou 10 dias. A dose costuma ser de 0,1 mg/kg. Além disso, deverá ser administrado um analgésico para tratar o ciclo de inflamação e dor que provoca a cistite na parede da bexiga. Os analgésicos costumam ser dados via oral durante 10 dias e a cada 8 ou 12 horas e a dose oscilará de acordo com os incômodos que seu animal sofra.

Se, além disso, houver muita inflamação recomenda-se tomar um relaxante para a musculatura lisa. As doses variam entre 0,25 e 1 mg pelo menos durante 10 dias e a cada 8 horas. Tudo o que estiver relacionado com a medicação deve ser avaliado e analisado pelo seu veterinário, já que você nunca deve medicar o seu felino por conta própria; o médico deve fazer um acompanhamento dos medicamentos e suas respectivas doses.

Como tratar a cistite em gatos - Passo 2
3

Também se recomenda o uso de feromônios faciais para tratar a cistite idiopática. Foram feitos estudos que demonstraram a sua eficácia se aplicados no meio onde habita o seu felino. Os feromônios unidos ao tratamento farmacológico melhoram o quadro de sintomas. A melhor forma de aplicação é spray fazendo-se, sempre, com certa regularidade.

Esta parte do tratamento faz parte da modificação do ambiente e é igualmente importante para combater a cistite. Não pense que com os medicamentos é suficiente, agir sobre o meio é fundamental.

Como tratar a cistite em gatos - Passo 3
4

Para modificar o ambiente do seu gato você deve conhecer com exatidão o estado ideal do seu felino. Lembre-se que os gatos são pouco hierárquicos, territoriais e independentes, por isso é muito importante que todas as necessidades do seu animal estejam cobertas e, além disso, cada uma delas deve estar bem delimitada.

Começando pela necessidade primordial, a comida que sempre deve estar à sua disposição para que o seu gato coma várias vezes ao dia, desde que seu bicho não tenha problemas de diabetes ou sobrepeso. Pode ser uma boa ideia adquirir um comedouro interativo para que seu gato veja a comida como um desafio e não coma por tédio. Desta forma, a comida será algo complicado de conseguir como se se tratasse de uma presa.

Como tratar a cistite em gatos - Passo 4
5

Para tratar a cistite em gatos é recomendável evitar o estresse, de modo que se tiver mais de um gato em casa, tente que os comedouros estejam separados. Também é fundamental conseguir que beba mais água e, para conseguir isto, é muito eficaz ter uma fonte de água para que seu gato tenha acesso a água fresca e corrente.

Este recipiente de água deve estar separado da sua comida e da sua areia e, inclusive, você pode colocar vários bebedouros espalhados pela casa para diminuir o estresse. Também é fundamental aumentar a quantidade de comida úmida diariamente, é uma recomendação para os gatos com problemas de funcionamento renal. Tente que as latas de ração macia estejam à temperatura ambiente, se você as guarda na geladeira deve aquecê-las uns segundos no microondas.

Como tratar a cistite em gatos - Passo 5
6

Outro tópico importante para tratar a cistite felina é cuidar e controlar a sua caixa de areia. Você deve considerar que sua areia tenha um tamanho de acordo com o volume de seu felino para que ele entre e possa se mexer sem problema, pense que os gatos costumam dar várias voltas até encontrarem o ângulo ideal para fazer suas necessidades. É uma boa opção que seja bastante amplo e se tiver bordas, o melhor é tirá-las.

Outro ponto-chave é o tipo de areia. Ainda que existam muitos tipos, a alternativa mais eficaz e aceite pelos gatos é a aglomerante, já que é muito limpa e nada incômoda para as almofadinhas de seu felino. A caixa deve estar sempre em um lugar tranquilo, ventilado e acessível e você deve tirar os restos de excrementos todos os dias. Se em sua casa houver mais de um gato, a melhor opção é ter uma para cada um, a não ser que eles se deem muito bem e não seja uma fonte de estresse. Confira mais dicas no nosso artigo como escolher e manter a caixa de areia do gato.

Como tratar a cistite em gatos - Passo 6
7

É preciso respeitar a sua intimidade, seu tempo e suas necessidades de afeto, já que se deve tentar que a relação com toda a família e com o resto dos animais seja agradável e relaxada. Se existirem problemas com outros gatos é fundamental que o território esteja preparado para que o gato que está doente possa decidir ficar sozinho ou interagir com o resto. Quando o seu animal de estimação está passando por uma cistite não é boa ideia que entrem novos animais em casa, porque seu estresse aumentará.

8

A brincadeira é outra das rotinas importantes para cuidar da saúde do seu gato. Seu gato precisa brincar diariamente, portanto, dedique um tempo todos os dias para brincar com ele e se tiver brinquedos não tire todos. O melhor é alternar os acessórios para que seu bichano não se aborreça e sinta que seus brinquedos são novos.

Existem alguns que incluem catnip e que são muito sugestivos para os gatos ou você também pode impregnar áreas da casa com a erva dos gatos para que a cheirem e se estimulem. Estes momentos de lazer são necessários para manter seu gato distraído, exercitá-lo e melhorar o vínculo que une você a ele.

Como tratar a cistite em gatos - Passo 8
9

Por último, lembre-se que os gatos precisam de lugares tranquilos e altos para descansar. Esta área deve estar sempre afastada da sua caixa de areia, da água e da comida, deve ter uma separação clara entre cada uma das necessidades. Seu lugar de descanso é, além disso, o lugar onde habitualmente se higienizará, portanto, tente que esse espaço seja perfeito, tranquilo e limpo para que seu gato não deixe de se limpar.

Além de procurar um lugar ideal de repouso você deve ter espalhados pela casa arranhadores para ele afiar as unhas. Escolha o que melhor lhe convier, há de muitos tipos e materiais, mas sempre se deve ter mais de um para que ele não comece a afiar suas unhas em certas partes da casa. Seu lar deve ser tridimensional, é uma boa alternativa ter arranhadores horizontais e verticais, para que seu felino se sinta à vontade e estimulado, e seu nível de estresse diminua.

Em umComo.com.br damos algumas ideias para que você possa fazer arranhador caseiro para gatos.

Como tratar a cistite em gatos - Passo 9

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como tratar a cistite em gatos, recomendamos que entre na nossa categoria de Animais de estimação.

Escrever comentário sobre Como tratar a cistite em gatos

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
fatima Eugenia Torneiro Teixeira
Meu gato mais velho tem 11 anos. Acho que devdo a stress vivido na clinica onde ele se trara ele desenvolveu uma serie de complicações. Como ele estava brabo o contiveram com toalhas na carinha,. Eu olevei pq achava que estava obeso e resfriado. O veterinário nãoo examinou direito e nem a temperatura viu. Mandou que mudasse para uma ração de obesos e fizesse um remédio manipulado. Eu notei que o gatinho começoi a ficar quietinho. Dali há alguns dias não subia mais em nada e começou a retar a urina e as fezes. Voltei lá e não resolvi nada. Fui a outra clinica. Ele foi muito bem tratado. Fez ultra som. RaIOS x DE COLUNA exame de sangue e urina. Ficou constatado cistite uma problema do intestino, aqueles glandulas que eles têm proximas ao ânus estavam inflamadas, bem como um problema de coluna. Estou dando todos os remédios . A semana passada ele melhorou. Neste terça dia 15 fui leva-lo para revisão. Ele estava otimo. Aí as coisas voltaram a ser como antes. Será que o stress de nova c0nsulta o deixou assim? Essa segunda clinica é ótima. A veterinária também. Ela ,mandou dar dipirona mas ele espuma muito. Me ajudem, por favor

Como tratar a cistite em gatos
1 de 9
Como tratar a cistite em gatos

Voltar ao topo da página