menu
Partilhar

Como cuidar de um gerbil

Por Redação umCOMO. Atualizado: 16 janeiro 2017
Como cuidar de um gerbil

Dos tipos de roedores mais populares entre as casas como pequenos animais domésticos, o gerbil é o campeão. Gostam da companhia de humanos, podem viver em manada, comem muito pouco e requerem cuidados simples que os convertem em animais muito queridos. Se quer ter um gerbil e ainda não está convencido, este artigo ajudará você a conhecê-lo um pouco mais, para que aprenda tudo o que precisa saber para cuidar deles e protegê-los devidamente. Continue lendo este artigo de umComo e descubra de como cuidar de um gerbil.

Também lhe pode interessar: Como cuidar de um guaxinim

O que você não sabe sobre o gerbil

O gerbil é um animal dócil e inteligente que sabe viver em comunidade, pois pode compartilhar território com outros gerbil sem que exista uma desarmonia. Também são excelentes membros de família, na cria da manada, pai e mãe unem esforços para cuidar dos filhotes.

Gostam da companhia de humanos por isso se deixam tocar, têm fama de carinhosos e algumas pessoas inclusive os treinam para que façam truques em suas mãos.

No geral, as pessoas adquirem dois gerbis do mesmo sexo e da mesma ninhada. Se deseja juntar dois gerbis de pais diferentes, devem ter mais ou menos a mesma idade. Mudar a localização dentro da gaiola será fundamental para dois gerbis que se veem pela primeira vez; com este truque tenta-se fazer que reconheçam o cheiro do outro e se acostumem a ele. Deverá mudá-lo de lugar a cada duas horas durante os primeiros 3 dias.

Se quer saber que diferenças existem entre o gerbil e o hamster, recomendamos a você ler o artigo Por que ter um gerbil ao invés de um hamster.

Cuidados com um gerbil

  • A primeira coisa que deve fazer é procurar um lugar amplo para os gerbis. Se tem dois pequenos roedores, deve considerar que o seu tamanho é médio, isto é, maior que um camundongo, mas menor que uma ratazana, de 80 g de peso aproximadamente. Um lugar de vidro tipo aquário ou uma caixa de madeira com diversos compartimentos será suficiente para os seus dois amiguinhos. Tente procurar uma gaiola que tenha compartimentos altos e baixos para que possam se mexer dentro, subir ou descer. Também deve conter um pequeno lar em forma redonda por onde possam entrar e ficar na sombra, uma espécie de pequeno quarto onde também levarão alimentos e se resguardarão.
  • Um elemento fundamental que deve ter a casa do gerbil é um bebedouro com água. Existem alguns vendidos em lojas de animais muito cômodos para beber, deixando um espaço pequeno para que possam beber a água que desejarem sem fazer um desastre. Os bebedouros devem ser lavados a cada dois ou três dias e trocar a água para que assim os animais se encontrem saudáveis.
  • A alimentação é bastante básica, mas compreende importantes nutrientes para o animal, como aveia, cevada, trigo, cereais sem aditivos, verduras em pedaços pequenos naturais como cenouras, alface, pepino, pimentão e acompanhados de outros alimentos esporádicos ou fornecidos como prêmio, tais como sementes de girassol e fruta desidratada.
  • Deixar-lhes um pedaço de pão duro o tempo todo é algo que gostam muito, lhe ajudará a roê-lo e a trabalhar os seus pequenos dentes.
  • Um dos brinquedos mais fáceis que temos em casa e que lhes podemos dar para brincar são os tubos de papelão que sobram dos rolos de papel. Além de caminhar pelo tubo, gostam muito de mordê-lo para roer.
  • As rodas que costumam vender para os ratos podem ser muito perigosas, especialmente se vierem com barrotes ou grades. Tanto a sua cauda como as suas patas podem ficar presas, por isso é importante observar que não tenha grades ou barrotes onde possam se machucar.
  • É importante não pegar o gerbil pela cauda já que esta é muito frágil e pode quebrar com facilidade. Para pegar um gerbil com a mão, é melhor oferecer-lhe a palma para que eles possam subir por si mesmos.
  • Os gerbis não podem tomar banho. Esqueça a ideia de usar água para limpá-los, eles têm seus próprios rituais de limpeza, e por isso não precisam de nossos banhos nem produtos para animais.
  • A gaiola ou o lugar onde vivam os gerbis deve levar um substrato para que possa absorver a urina dos pequenos animais. A gaiola deve ser limpa com um desinfetante e bastante água a cada semana, desta forma evitará infecções nos animaizinhos, bem como maus cheiros.
Como cuidar de um gerbil - Cuidados com um gerbil

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como cuidar de um gerbil, recomendamos que entre na nossa categoria de Animais de estimação.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
MARA FLORES
me mande como cuidar de um hamister sirio um anao russo e gerbil

Como cuidar de um gerbil
1 de 2
Como cuidar de um gerbil

Voltar ao topo da página