Partilhar

Como saber se o meu cachorro tem alergia a pulga

Por Nídia do Carmo. Atualizado: 16 janeiro 2017
Como saber se o meu cachorro tem alergia a pulga

A dermatite alérgica à picada de pulgas, conhecida como alergia a pulga, é uma reação à saliva do parasita que desencadeia sintomas incômodos no cachorro. A pulga é o parasita mais frequente nos cachorros e nos gatos, sendo que a sua presença é muito comum. Quando não é devidamente diagnosticada ou tratada, a alergia a pulga pode fazer o cachorro perder grande parte do seu pelo nas zonas afetadas, além de ser extremamente desconfortável para o bichinho. Como saber se o meu cachorro tem alergia a pulga? Saiba reconhecer os sintomas e aprenda a tratar este problema, lendo esse artigo do umComo.

Também lhe pode interessar: Como saber se meu cão tem alergia
Passos a seguir:
1

Sobre a doença

As pulgas alimentam-se do sangue do animal que as hospeda e fazem-no através de picadas. Como são pequenas e difíceis de detetar, as pulgas podem não ser reconhecidas pelos tutores dos cachorros. A sua capacidade reprodutiva é extraordinária, uma vez que conseguem produzir mais de 100 ovos diários que atingem a maturidade em poucas semanas.

A alergia a pulga, também chamada de DAP, é uma das mais comuns em cachorros e gatos e ocorre em animais que desenvolvem hipersensibilidade aos elementos presentes na saliva da pulga. Alguns animais conseguem tolerar um grande número de picadas de pulga em um dia, mas os bichinhos com DAP não toleram nem uma. A doença é mais comum na Primavera e no Verão, mas pode ocorrer em outros períodos do ano.

Então, como saber se o meu cachorro tem alergia a pulga? Continue lendo para saber a resposta.

Como saber se o meu cachorro tem alergia a pulga - Passo 1
2

Sintomas

Os sintomas de alergia a pulga incluem:

  • Prurido intenso (manifestado com o ato de morder, esfregar no chão e coçar);
  • Perda de pelo;
  • Pele ruborizada;
  • Aparecimento de crostas na região lombar e na base da cauda;

Em casos de doença crônica, pode surgir inflamação crônica provocada pelos traumatismos que o animal inflige a si mesmo, assim como falhas de pelo, descamação e pele de cor negra. Em casos extremos, podem surgir focos de infeção bacteriana que exigem tratamento com antibióticos.

Como saber se o meu cachorro tem alergia a pulga - Passo 2
3

Diagnóstico

O diagnóstico pode ser feito observando a distribuição das lesões e as pulgas, assim como as suas fezes.

Os animais alérgicos têm o hábito de se lamber muito, o que faz com que apresentem poucas pulgas e façam o tutor pensar que esse não é o problema. Animais expostos a pulgas pontualmente têm mais probabilidade de desenvolver alergia a pulga.

Os animais com a doença têm, normalmente, alergia a outras coisas e uma predisposição maior a desenvolver infeções secundárias cutâneas.

Como saber se o meu cachorro tem alergia a pulga - Passo 3
4

Tratamento

O tratamento da alergia à pulga começa com o controle absoluto da infestação do parasita, tanto no animal como no próprio ambiente onde ele habita. Isso pode ser feito com medicamentos alopáticos ou com opções fitoterápicas, sendo que o tratamento deve ser indicado pelo veterinário.

Em alguns cachorros, pode ser necessário apostar em tratamentos que controlam as infeções secundárias prescritos pelo veterinário.

Existem, também, várias opções naturais para controlar pulgas e carrapatos que são tão eficazes quanto os medicamentos prescritos pelo profissional. Acesse esse artigo para conhecer remédios caseiros contra pulgas.

Como saber se o meu cachorro tem alergia a pulga - Passo 4
5

Recomendações

Se o seu cachorro apresenta os sintomas de alergia a pulga, confira esses conselhos para acabar com o problema:

  • As pulgas transmitem várias doenças além da alergia ao parasita. É essencial manter o seu cachorro livre de parasitas externos e controlar o ambiente, para que fique livre dos mesmos. Sabia que apenas 5% das pulgas se encontram nos animais, enquanto o resto está presente no ambiente?
  • Quando limpar o ambiente, retire o animal da região para dedetizar e aspirar. Não deixe de lado sofás, cortinas e espaços frequentados pelo pet.
  • Lave todas as mantas, almofadas e camas do seu cachorro com água bem quente e um pouco de lixívia.
  • Aposte em casinhas de plástico para animais de quintal deforma a não acumular pulgas e ovos.
  • Tenha atenção a pisos de madeira, tapetes e carpetes, pois são locais que os parasitam amam. Frechas, rachaduras, rodapés e sítios escondidos devem ser bem aspirados e limpos.
  • As folhas da árvore indiana neem são indicadas para deixar os animais longe dos parasitas. Procure produtos que contenham essa substância como óleos de borrifar e suplementos alimentares.
Como saber se o meu cachorro tem alergia a pulga - Passo 5
6

Depois de saber se o meu cachorro tem alergia a pulga, acesse esses artigos que podem ser úteis nessa fase:

Como acabar com as pulgas em casa

Como cuidar de um cão com alergia

Como fazer armadilhas para pulgas

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como saber se o meu cachorro tem alergia a pulga, recomendamos que entre na nossa categoria de Animais de estimação.

Escrever comentário sobre Como saber se o meu cachorro tem alergia a pulga

O que lhe pareceu o artigo?

Como saber se o meu cachorro tem alergia a pulga
1 de 6
Como saber se o meu cachorro tem alergia a pulga

Voltar ao topo da página