menu
Partilhar

Como tratar uma aranha caranguejeira

Por Vanessa Lopes. Atualizado: 16 janeiro 2017
Como tratar uma aranha caranguejeira
Imagem: tudoanimais.com

A aranha caranguejeira, conhecida também como tarântula, é uma espécie de aranha de grande porte e corpo peludo. Medem em média 20 cm, podendo atingir 30 cm. O seu pelo é revestido de pelos de cor marrom, têm patas longas e duas garras. Esta espécie de aranha pode ser encontrada em países da África, Ásia e América. Apesar da sua aparência assustadora, elas são criadas em muitos países como animais de estimação. Se gosta de animais exóticos e está a pensar em adquirir uma tarântula, não perca este artigo de umComo.com.br em que lhe explicamos como tratar uma aranha caranguejeira.

Também lhe pode interessar: Como tratar picadas de aranha
Passos a seguir:
1

Existem várias espécies de tarântulas, mas as mais dóceis e recomendadas para pessoas que nunca tiveram este bichinho como animal de estimação são a caranguejeira negra do Brasil e a rosa chilena. Estas duas espécies pode chegar até aos 30 cm e viver até 20 anos.

2

Para ter uma tarântula em casa, você precisará de uma estrutura fechada de plástico ou de vidro. Pode utilizar um aquário, um tanque ou qualquer outra estrutura específica para tarântulas à venda em lojas de animais. Certifique-se apenas que a estrutura é fechada em cima, para a aranha não fugir, mas também deve garantir que existe ventilação suficiente. Verifique se os oríficios da ventilação não são demasiado grandes, pois a caranguejeira poderia passar por aí. Para evitar que a sua tarântula fuja, pode cobrir estes espaços com tela. Não se preocupe pois a tela não irá diminuir o fornecimento de ventilação.

Como tratar uma aranha caranguejeira - Passo 2
Imagem: objetivosorocaba.com.br
3

Você deve preencher o aquário ou tanque da sua tarântula com um bom substrato. A vermiculite é a melhor opção para a maioria das espécies.Deve colocar entre cerca de 3 a 4 centímetros de substrato.

Como tratar uma aranha caranguejeira - Passo 3
Imagem: isolationmaximum.com
4

Pode decorar o aquário da sua tarântula com alguns elementos decorativos, como partes de conchas, plantas falsas, pedaços de madeira ou pedaços de vaso quebrado. Para além de decorarem o ambiente da tarântula são um ótimo esconderijo para ela e, será onde ela passará a maior parte do seu tempo.

Como tratar uma aranha caranguejeira - Passo 4
Imagem: publicdomainpictures.net
5

A água é bastante importante para a sua tarântula, por isso deve colocar uma pequena vasilha com água dentro do seu aquário. Deve também borrifar água em cima do substrato entre 3 a 4 vezes por semana, para deixar o ambiente da tarântula úmido. Caso a sua tarântula tenha uma necessidade maior de umidade, poderá cobrir as aberturas da ventilação com um pano úmido em vez de tela.

6

Quanto à alimentação da tarântula, esta vive alimentando-se de animais vivos. Pode dar-lhe grilos, baratas, cupins, anfíbios e filhotes de camundongo, estes últimos são normalmente mais apreciados por aranhas maiores. Deve alimentar a sua aranha entre 3 a 4 vezes por semana, se ela ainda for jovem. Caso já seja adulta, dar-lhe comida uma vez por semana bastará. Normalmente, a quantidade de comida a ser dada corresponde ao tamanho do abdômen da tarântula.

Como tratar uma aranha caranguejeira - Passo 6
Imagem: osascenter.com.br
7

À medida que a tarântula cresce, ela vai mudando de pele. Durante a fase de mudança de pele, a caranguejeira pára de se alimentar por alguns dias e deita-se de costas para mudar de pele. É importante que, durante este processo, retire todo o alimento do seu aquário, uma vez que pode ser atacada por estes animais. Após a mudança de pele, você verá que dentro do aquário haverá os pedaços de pele que ela perdeu, se quiser pode jogá-los fora. Após 3 a 5 dias, já pode dar-lhe alimento.

8

E, se alguma vez a sua aranha o picar, em umComo explicamos-lhe como tratar picadas de aranhas.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como tratar uma aranha caranguejeira, recomendamos que entre na nossa categoria de Animais de estimação.

Conselhos
  • Todas as espécies de aranhas caranguejeira podem morder, especialmente se se sentirem ameaçadas. No entanto, o seu veneno é pouco tóxico para humanos, podendo apenas causar danos maiores caso haja uma reação alérgica.
  • Quando crianças estiverem perto da aranha caranguejeira ou observando-a, você deve ter cuidados redobrados.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?
7 comentários
A sua avaliação:
Alexandre
Tenho uma a 16 anos e a minha ja escuta até meu comando de voz isso é possivel?
marcos cezar batista de lima
bao noite eu estou criando um caranguejeira mais nao seu quantas vezes devo alimenta-la, estou colocando pra ela comer tenebria gigantes duas por dia.
Editor umComo.com.br
Oi Marcos! Você pode dar-lhe grilos, baratas, cupins, anfíbios e filhotes de camundongo, estes últimos são normalmente mais apreciados por aranhas maiores. Deve alimentar a sua aranha entre 3 a 4 vezes por semana, se ela ainda for jovem. Caso já seja adulta, dar-lhe comida uma vez por semana bastará. Normalmente, a quantidade de comida a ser dada corresponde ao tamanho do abdômen da tarântula.
adriano
se eu por minha tarantula em 1 aquario ela n vai morrer afogada kikkkkkk
A sua avaliação:
João
o mais engraçado pra mim é a última frase,pois eu tenho 12 anos e desde pequenininho eu tenho aranhas de jardin,mas agora eu virei quase um experte em criação de aranhas,pois fico lendo na internet TUDO sobre esses maravilhosos animais e meu novo sonho é ter uma dessas aranhas caranguejeiras.Mas pra dar uma nota ao site,eu só tenho alguns comentários:
você disse da troca de pele das aranhas,mas tecnicamente é o exoesqueleto,e as aranhas não tem pelos,mas sim cerdas,mas isso não são informações importantes!No seu primeiro paragrafo você também falou que as aranhas caranguejeiras são uma espécie de aranha,também conhecida como tarântula,o que está errado,pois existem várias espécies de tarântulas,e caranguejeira é só um termo usado pra nomear as arnhas de patas grossas,"peludas" e de tamanho grande,mas tirando esses pequenos e insignificantes detalhes,essa página fala muito bem sobre as informações básicas de como criar uma aranha! (sim,eu tenho 12 anos!)
Carla
Oi João,uma aranha caranguejeira subiu no meu pé e estou com ela num pote,li que cria e que queria ter uma,se tiver uma forma de te enviar sem causar trauma ao animal ,ela já será sua .Moro em um haras no sul de Minas .Como não entendo nada de aranhas pensei em soltar ela na Mata amanhã.Ela é realmente muito dócil ,mais me aflige.
A sua avaliação:
Vecchia
Boas informações porém vc pecou em alguns tópicos como por exemplo, n existem apenas um tipo de caranguejeira existem diversas espécies,umas mais indicadas para iniciantes como brachypelma albopsilum, vitalius sorocabae e brachypelma smith, e tbm existem outras n tão recomendadas como Theraphosa blondi e etc.
joad
ótimo
Vanessa Lopes (Editor/a de umCOMO)
Oi Joad! Obrigada pelo seu comentário!
Deivison Silva
Eu não sei se minha aranha e caranguejeira mais ela é igual a caranguejeira ela é ainda filhote e também tem listras nas costas dela

Como tratar uma aranha caranguejeira
Imagem: tudoanimais.com
Imagem: objetivosorocaba.com.br
Imagem: isolationmaximum.com
Imagem: publicdomainpictures.net
Imagem: osascenter.com.br
1 de 5
Como tratar uma aranha caranguejeira

Voltar ao topo da página