menu
Partilhar

Como curar queimaduras em cães

Como curar queimaduras em cães
Imagem: pixabay.com

Saber agir diante de uma queimadura em nosso cão é fundamental para lhe proporcionar os primeiros socorros e evitar uma possível infecção ou outras consequências de maior gravidade. Ás vezes, pode ocorrer que não tenhamos percebido a presença de nosso cão na cozinha e, acidentalmente, caia um pouco de óleo quente ou água fervendo nele. Por isso, é importante, primeiro, ter especial cuidado e tentar evitar sua entrada e, segundo, conhecer o procedimento a seguir uma vez ocorrido o acidente. Continue lendo este artigo de umComo e descubra como curar queimaduras em cães.

Passos a seguir:
1

Como ocorre conosco, as queimaduras nos cães dividem-se em três níveis em função da gravidade, tamanho da área queimada e profundidade da mesma: primeiro, segundo e terceiro grau. Em geral, as lesões mais usuais tanto em cães como em gatos costumam ser as de primeiro e segundo grau, sendo também as mais fáceis de tratar. Por conseguinte, para evitar que a queimadura se estenda e alcance um nível superior, a atuação do dono na hora de socorrer é primordial.

2

O primeiro que devemos fazer quando nosso cão se queima é baixar a temperatura da parte da pele afetada e limpá-la. Para isso, deveremos aplicar bastante água fria sobre a área, diretamente ou umedecendo uma gaze limpa. Em caso de usar gaze, não esfregue; aplique batidinhas suaves. O que não deve fazer é colocar gelo sobre a queimadura, pois resultaria em outra lesão provocada pelo frio extremo. Se a causa foi óleo quente ou outra substância similar, deverá aplicar mais água para eliminar os restos que fiquem na pele.

Como curar queimaduras em cães - Passo 2
Imagem: betazeta.com
3

Agora é o momento de aplicar um unguento ou pomada antibiótica para evitar uma possível infecção, bem como proporcionar hidratação à área de pele queimada. Para que seja mais fácil, deverá cortar o pelo que ocupa e rodeia a parte danificada. No caso de não dispor deste tipo de cremes, pode aplicar um pouco de mel devido a suas propriedades antissépticas.

4

Para finalizar com os primeiros socorros no caso de queimaduras em cães, deverá vendar a área para evitar que os mosquitos e outros insetos provoquem uma infecção. Para isso, precisará de uma gaze completamente limpa e cobrir a parte queimada suavemente e sem aplicar pressão. Deverá renovar esta venda e limpar a área todos os dias até sua total cura. No entanto, para evitar que o cão retire a venda, é aconselhável usar um colar elizabetano.

Como curar queimaduras em cães - Passo 4
Imagem: fullmascotas.com
5

No caso de ter sofrido uma queimadura de primeiro grau, com os cuidados anteriores deveria sarar em um período de tempo de três a dez dias. No entanto, se a lesão é de segundo ou terceiro grau, deverá ir ao veterinário imediatamente após proporcionar os primeiros socorros a seu cão para que desinfete melhor a região, retire a pele morta e proceda ao tratamento específico dessa queimadura.

6

Se seu cão sofreu uma queimadura por algum produto químico ou por descarga elétrica, não se esqueça de utilizar luvas para evitar se machucar também e tenha especial cuidado ao tocá-lo, sobretudo no último caso. Os passos aqui detalhados constituem os primeiros socorros que os donos devem proporcionar a seu cão para curar uma queimadura mas, sempre, o mais aconselhável é levar ao veterinário o antes possível.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como curar queimaduras em cães, recomendamos que entre na nossa categoria de Animais de estimação.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
A sua avaliação:
lyvia carvalho
sem querer minha vó derrubou gordura quente na minha cachorra e estou lavando ela com água quente tem algum problema?

Como curar queimaduras em cães
Imagem: pixabay.com
Imagem: betazeta.com
Imagem: fullmascotas.com
1 de 3
Como curar queimaduras em cães

Voltar ao topo da página