Partilhar

Como evitar que meu cachorro arranhe as portas

Como evitar que meu cachorro arranhe as portas

Se seu cachorro arranha as portas da casa, estamos diante de um caso de ansiedade por separação. É um dos muitos comportamentos que o seu amigo canino pode adotar quando você está fora de casa e ele sente saudades de você. Não é que seu cachorro não saiba estar sozinho, mas sim que não gosta de ficar sem sua companhia e procura se tranquilizar com este tipo de hábitos destrutivos. Em umComo.com.br oferecemos alguns conselhos para evitar que seu cão arranhe as portas, e o segredo está em ensiná-lo a ficar sossegado e à vontade quando estiver sozinho em casa.

Também lhe pode interessar: Como evitar que os cachorros urinem na porta
Passos a seguir:
1

Nosso primeiro conselho não é muito fácil de seguir, principalmente se adora seu cachorro, mas lembre-se que é responsável por sua educação e não quer má-criações. Você deve conter suas demonstrações de afeto, para ensiná-lo a ficar sozinho, ser autossuficiente e estar bem sem alguém por perto.

Quando deixamos nosso cachorro sozinho, temos tendência a ser muito carinhosos quando nos reencontramos com ele, "para compensar". Isto possui um efeito prejudicial para o cachorro, pois quanto mais afetuosos somos ao estar com ele, mais notará nossa ausência depois. E sendo assim, pode ser que acabe arranhando as portas da casa como comportamento natural.

2

Também deve aprender a ficar sozinho quando você está em casa. Não quer dizer que seja frio e distante, simplesmente deve decidir os momentos para dar atenção. Seu animal de estimação deve aprender, e perceber como algo normal, que pode ficar sozinho em um lugar sem que alguém esteja pendente dele o tempo todo. Por isso tente, na medida do possível, ignorá-lo, para que entenda que você também tem seu espaço; assim que der uma olhadinha para ele, seu cachorro pulará para onde você estiver.

3

Quando for sair de casa, acostume-se a não fazer uma grande despedida. O melhor é que um pouco antes de sair, não dê nenhuma bola a ele. Inclusive saia de casa sem dizer nem uma só palavra ao cachorro.

Com a despedida, a única coisa que consegue é que seu amigo fique atrás da porta esperando, ansioso pelo seu regresso. Sabemos que tudo isso é difícil, mas é a melhor forma de que seu cão não sofra com a sua ausência.

Os animais sabem de memória nossa rotina (banho, café da manhã, chaves, etc.), e algo positivo que deve fazer é que este ritual perca sentido para seu cão. Como? Você pode fazer essas mesmas coisas, mas sem sair de casa. Pouco a pouco, irá deixando de associar uma coisa com a outra.

4

Quando chegar a casa após longas horas de solidão, o melhor que pode fazer é ignorar seu cão, pelo menos até que se tranquilize. Lembre-se que ele pode estar muito ansioso por sua chegada, e se recompensar com muitos mimos estará dando a mensagem errada. Estará ensinando a ele que não pode viver sem você. Você só tem que esperar um pouco para cumprimentá-lo com moderação.

5

Não leve ele para passear assim que chegar a casa. São muitas emoções juntas para seu cão. Da mesma forma que com o cumprimento, o passeio com seu cachorro deverá esperar alguns minutos, só para que saia mais relaxado.

É preciso educá-lo para que entenda que com este comportamento ansioso não consegue nada, e pouco a pouco, deixará de associar sua chegada à casa com sua saída à rua e cada vez estará menos estressado esperando por você. Lembre-se que quanto maior for sua ansiedade, mais probabilidades existem de algum tipo de comportamento destrutivo como arranhar as portas.

6

Uma boa ideia para que seu cachorro não se sinta tão sozinho pode ser deixar a música com o volume baixo; não haverá tanto silêncio e se houver algum barulho externo seu cachorro não se sentirá pressionado ou talvez nem ouça.

Outra opção para adaptar seu cão à solidão é usar feromônios em spray, pois possuem uma função apaziguadora, ajudando a manter a tranquilidade do seu amigo canino em qualquer circunstância.

7

Antes de passar muitas horas fora, uma boa ideia é sair e dar um bom passeio com seu cachorro cada manhã. Faça isso com tempo, para que ao voltar a casa ele possa deitar, relaxar, e então, possa sair de casa deixando ele nesse estado. Se mesmo assim continuar intranquilo, seja firme e dê ordens para que ele se deite.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como evitar que meu cachorro arranhe as portas, recomendamos que entre na nossa categoria de Animais de estimação.

Conselhos
  • Lembre-se que seu cão é sua responsabilidade, seu comportamento é fruto da sua dedicação e de como o educa. Por isso tenha paciência e verá como conseguirá!

Escrever comentário sobre Como evitar que meu cachorro arranhe as portas

O que lhe pareceu o artigo?
3 comentários
sofia gonçalves
boa tarde , tenho uma cadela com 9 meses raça indefinida , é muito estressada e eletrica , como vivo num apartamento estou a ter problemas com os vizinhos , arranha a porta de saida e ladra muito mesmo ficado pouco tempo sozinha.. não quero da la mas já não sei o que fazer.
hiderlan
Mas a minha cachorrinha arranha e bate a porta muito mais quando estou dentro de casa, o que é pior de madrugada que não me deixa dormir.
sandra sena
Meu cachorro arranha as portas e janelas,e muito teimoso,ate pula o portao.

Como evitar que meu cachorro arranhe as portas
Como evitar que meu cachorro arranhe as portas

Voltar ao topo da página