Partilhar

Como saber se o meu gato tem tinha

Por Redação umCOMO. Atualizado: 16 janeiro 2017
Como saber se o meu gato tem tinha

Acha que o seu gato pode estar com tinha? Este tipo de doença cutânea é altamente contagiosa, portanto se suspeitar que o seu animal pode estar com ela, é importante tratar dela o quanto antes para tentar eliminar o fungo o mais rápido possível. Neste artigo de umComo vamos contar como saber se um gato tem tinha, indicando os sintomas mais habituais desta doença, assim como o tratamento que costuma ser receitado. Lembre-se que se a detectar a tempo estará evitando que outros animais e inclusive os membros da sua família peguem a doença, já que é contagiosa também para as pessoas.

Também lhe pode interessar: Como saber se meu gato tem cataratas
Passos a seguir:
1

A tinha é uma doença dermatológica provocada pelo contágio de fungos. Não só afeta aos gatos, mas também cães e pessoas. Além disso, é uma doença altamente contagiosa e que pode passar perfeitamente de animais a humanos e vice-versa.

Este fungo alimenta-se da queratina que existe no corpo, principalmente na pele, cabelo e unhas, por isso é habitual ver como estas partes estão danificadas, sem pelo e com uma grande presença do fungo. Assim que detectar alguma anomalia deste tipo é recomendável que vá a um veterinário para parar a sua reprodução e conseguir curar o quanto antes o seu felino.

Como saber se o meu gato tem tinha - Passo 1
2

Para saber se um gato tem tinha terá que estar atento às diferentes manifestações físicas que esta doença produz sobre o corpo do animal. Já dissemos anteriormente que as partes que mais são afetadas são o pelo e as unhas, mas além disso existem outros sinais que podem anunciar a presença deste problema:

  • Unhas quebradas: se as suas unhas estiverem mais quebradiças ou quebrarem com mais facilidade, é possível que esteja com o fungo nesta zona.
  • Aparecimento de falhas: também é muito comum que a tinha produza queda do pelo e, portanto, o animal apareça com falhas significativas.
  • Muita coceira: se observar que o seu gato ultimamente se coça de forma mais frequente, é possível que tenha algum tipo de problema cutâneo e possa ser tinha. Mas não só as coceiras podem ser sintoma disso; se ele se morder ou lamber de forma mais habitual, também pode ser por isso.
  • Crostas: se em algumas partes do corpo do animal aparecerem crostas ou descamações é possível que sejam provocadas pelo fungo.
  • Cheiro diferente: a tinha também provoca um cheiro no animal diferente do habitual, pois o fungo está modificando o seu cheiro corporal.
Como saber se o meu gato tem tinha - Passo 2
3

Além disso, também é importante que saiba que as zonas que são afetadas primeiro são as orelhas e as extremidades, por isso se detectar algum dos sintomas que acabamos de explicar da tinha em gatos, em umComo aconselhamos que vá de forma imediata ao veterinário para saber qual é o tratamento indicado para poder curar o seu animal.

A reprodução da tinha é muito rápida e em poucos dias é possível que o sinal visto nas orelhas, por exemplo, tenha se espalhado por todo o corpo. Por isso é importante tratar de imediato para controlar a doença e, principalmente, ter toda a sua família e seu meio corretamente protegido.

Como saber se o meu gato tem tinha - Passo 3
4

Se tiver detectado que o gato está com tinha, o seguinte passo será levá-lo ao veterinário para confirmar o diagnóstico e descartar outro tipo de doenças mais graves que podem provocar esta alteração na pele (como, por exemplo, a leucemia felina). O especialista poderá receitar o melhor tratamento para a tinha, para livrar o seu gato do fungo infeccioso.

O mais habitual é que receitem um tratamento em pó, em pomada ou em creme. É verdade que existem medicamentos por via oral mas são recomendados só em casos graves, já que são bem mais agressivos e podem danificar o organismo do gato.

De qualquer forma, antes de aplicar o tratamento indicado pelo veterinário será necessário que faça uma limpeza com iodo ou com algum antisséptico que desinfete a pele do gato. Depois de limpo poderá passar o produto indicado e repetir o processo segundo a dose receitada. Lembre-se que deverá ser paciente pois é um tratamento longo que pode chegar a se prolongar por até 3 meses.

Como saber se o meu gato tem tinha - Passo 4

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como saber se o meu gato tem tinha, recomendamos que entre na nossa categoria de Animais de estimação.

Escrever comentário sobre Como saber se o meu gato tem tinha

O que lhe pareceu o artigo?

Como saber se o meu gato tem tinha
1 de 5
Como saber se o meu gato tem tinha

Voltar ao topo da página