Partilhar

Como tratar a conjuntivite em um cachorro

Por Sara Viega. Atualizado: 23 abril 2018
Como tratar a conjuntivite em um cachorro

A conjuntivite é a inflamação da conjuntiva, uma membrana que reveste o olho. As causas mais frequentes desta condição ocular em cachorros são alergias, a produção insuficiente de lágrima, doença conhecida como queratoconjuntivite seca, os corpos estranhos introduzidos acidentalmente no olho e as úlceras geralmente provocadas por traumatismos. Em umComo.com.br explicamos como tratar a conjuntivite de seu cachorro.

Também lhe pode interessar: Como saber se meu cão tem conjuntivite

A limpeza do olho

O uso de lágrima artificial é necessária nos casos de queratoconjuntivite seca e recomendável nos demais. Obviamente, se não existe nenhum problema não é necessário limpar todos os dias os olhos do cachorro, mas apenas se for conveniente como parte do tratamento destes processos e quando detectamos a presença de remela.

Como norma geral, recomenda-se limpar os olhos dos cachorros com lágrima artificial ou com outros produtos específicos para isso de preferência do que com soro fisiológico ou com camomila. A água limpa é uma boa opção para momentos pontuais ou se não dispõe de lágrima artificial.

Os colírios

Os colírios oculares para cachorros deveriam ser sempre prescritos por um veterinário, já que muitos contêm corticoides, extremamente úteis na conjuntivite alérgica mas tremendamente prejudiciais se tiver úlceras, já que estas poderiam ser estendidas chegando inclusive a perfurar o olho.

Através de um exame muito simples (prova da fluoresceína) o veterinário determinará a presença ou não de úlceras e, junto com outros meios de diagnósticos, proporcionará o tratamento apropriado.

Os cuidados

Ainda que às vezes passe por alto, o uso do colar elizabetano, também conhecido como sino, é fundamental nos casos de conjuntivite, para evitar que o cachorro lesione o olho ainda mais ao se coçar com as patas. A vigilância e a revisão do estado do olho pelo dono é muito importante, já que os problemas oculares podem piorar em muito pouco tempo.

Por outro lado, se levou seu cachorro em um lugar com muita vegetação, e o vê coçar os olhos, deveria revisar os mesmos para ver se tem algum corpo estranho introduzido neles, como uma espiga por exemplo.

As úlceras não complicadas são curadas com um colírio antibiótico e, se for necessário, pomada epitelizante mas como explicamos, estes produtos deveriam ser receitados por um veterinário.

Ainda que não tenha conjuntivite, aconselhamos que leve seu cachorro pelo menos duas vezes ao ano ao veterinário para uma revisão, e sempre que detecte presença excessiva de remela, coceira dos olhos, feridas ou manchas nos mesmos, e pisco excessivo.

Veja mais em: Como tratar a sarna de cachorro com remédios caseiros

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como tratar a conjuntivite em um cachorro, recomendamos que entre na nossa categoria de Animais de estimação.

Escrever comentário sobre Como tratar a conjuntivite em um cachorro

O que lhe pareceu o artigo?
3 comentários
maria
meu cachorro esta com uma inflamação muito forte,sai ate um pus,não consegue enxergar direito,devido a um pó de veneno.o que posso fazer.estou lavando com soro e usando o colírio UCB.sera que vai adiantar.
Editor umComo.com.br
Oi Maria! Pelo que você descreve o seu cachorro precisa de fazer antibioterapia, assim que é essencial que um veterinário consulte o seu cachorro e prescreva o antibiótico e outros tratamentos necessários.
A sua avaliação:
edineusa
posso usar colirio moura brasil no meu cão?
Adelaide Lima
Gostaria de receber noticias de o que da e quando dar medicamentos e sobre doenças e medicamentos
Sara Viega (Editor/a de umCOMO)
Oi Adelaide, poderá subscrever à nossa newsletter digitando o seu e-mail no campo à direito "Siga-nos de perto" nesta página: http://animais.umcomo.com.br/

Como tratar a conjuntivite em um cachorro
Como tratar a conjuntivite em um cachorro

Voltar ao topo da página