Partilhar

Como tratar a piometra canina

Como tratar a piometra canina
Imagem: animalmascota.com

A piometra canina costuma aparecer em cadelas de idade avançada ou fêmeas jovens que receberam algum tratamento anticoncepcional ou têm um cio irregular. É uma das doenças mais graves porque se não for tratada a tempo pode chegar a ser mortal. Depois de identificados os sintomas, deverá ir rapidamente ao veterinário para diagnosticar a doença e fazer o tratamento adequado o quanto antes. Se sua cadela ultimamente está triste ou solta pus pela vagina pode ser que ela tenha esta doença. Neste artigo de umComo.com.br mostramos a você como tratar a piometra canina e como prevenir esta doença.

Também lhe pode interessar: Como saber se minha cadela tem piometra

Como é diagnosticada a piometra canina?

Se você detectar algum dos sintomas da piometra em sua cadela, vá rapidamente ao veterinário. Quando estiver lá, será feita uma série de exames para diagnosticar a doença. Normalmente, o diagnóstico clínico baseia-se na revisão completa da cadela e análise da secreção vaginal nos casos de piometra de colo aberto, e a realização de testes e exames para obter um diagnóstico definitivo. Assim, o veterinário deverá fazer uma radiografia do abdômen de sua cadela para observar se existe uma massa homogênea provocada pela infecção ou não. Pode ser que as imagens deste exame não sejam totalmente claras e requeiram uma ecografia.

Além de radiografia e ecografia, o veterinário fará uma hematologia para medir o número de leucócitos e averiguar se aumentaram, já que seu aumento é uma das consequências da piometra canina.

Se o estado da piometra for avançado e o veterinário achar que possa ter afetado outras partes do corpo de sua cadela, ou inclusive derivar em outras doenças, a análise e diagnóstico serão mais complexos e serão feitos outros tipos de testes que permitam analisar e avaliar a ureia e a creatinina, a existência de tumores vaginais, nível de glucose, etc.

Tratamento para a piometra canina

Após detectar a doença, o tratamento mais comum usado para curar a piometra canina é o cirúrgico. Este tratamento cirúrgico consiste em retirar os ovários e o útero. Com esta operação, sua cadela não poderá engravidar. No entanto, este não é o único tratamento. Em função da idade da cadela, a gravidade da doença e a vontade do dono de ter uma cadela que possa se reproduzir, podem ser usados outros métodos de cura e evitar a cirurgia.

As alternativas à cirurgia são: a lavagem cirúrgica do útero (sem extirpação) ou o tratamento antibiótico. Nos últimos anos foi testado um novo tratamento baseado na aplicação de prostaglandina (PG) F2 sintética, que tem dado bons resultados. O inconveniente que apresenta este tratamento é que, durante as primeiras aplicações, produzem-se efeitos colaterais nas cadelas, como vômitos ou mal-estar abdominal. Não obstante, este tratamento não pode ser aplicado em todas as cadelas com a doença. Os casos de piometra de colo fechado apresentam algumas limitações, e em estados muito graves da doença devem ser tratados mediante cirurgia. O tratamento de PG é lento e os primeiros resultados devem ser observados após 48h desde a primeira aplicação, por isso não é um tratamento adequado para as cadelas em estado grave.

Em função do caso de piometra canina e de seu estado, o veterinário escolherá por um tratamento ou outro, jamais trate sua cadela por sua conta.

Como prevenir a piometra canina

A piometra canina pode ser evitada tendo em conta algumas considerações. A primeira delas é eliminar os tratamentos anticoncepcionais ou usá-los em casos pontuais, já que os efeitos colaterais produzidos em sua cadela podem inclusive acabar com a sua vida. Outra forma de prevenir a piometra é realizar controles exaustivos do sistema reprodutor do seu animal, realizados pelo veterinário, no momento pós-parto.

Se sua fêmea tem gravidez psicológica com muita frequência, vá imediatamente ao veterinário para fazer uma revisão completa, pois ela pode estar com piometra canina. E como última opção, o método de prevenção mais eficaz é operar sua cadela para que não possa ter filhotes, já que sem órgão reprodutor é impossível que tenha piometra. No entanto, consulte seu veterinário para saber o que é mais indicado para sua cadela e tomar a decisão correta.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como tratar a piometra canina, recomendamos que entre na nossa categoria de Animais de estimação.

Escrever comentário sobre Como tratar a piometra canina

O que lhe pareceu o artigo?
16 comentários
GILDA VELLOSO ROCHA
No pós-operatório, quais os antibióticos que devem ser usados em casos de piometra?
Nídia do Carmo (Editor/a de umCOMO)
Oi Gilda! Você deve usar os prescritos pelo médico veterinário acompanhando o caso, pois depende de animal para animal.
jose Julio Fernandes
gostaria sabe quais os medicamentos para o tratamento da pio metra em cadelas
Silvio
Lendo os casos,li um texto em que houve cura de 100% em uma cadela com piometra.O tratamento foi homeopatico e durou 3 meses: lycosporum clavatum
Editor umComo.com.br
Oi Silvio! A piometra, sendo uma infecção supurativa do útero, aguda ou crônica, com grande acúmulo de pus na cavidade uterina, ela precisa de tratamento imediato e muito agressivo. O mais recomendado por veterinários é a castração. Sendo que o tratamento farmacológico é apenas justificável se existir um interesse em reprodução da cadela. Os tratamentos homeopáticos podem ser um complemento de ajuda pós castração. Nesse caso, se assim o pretender, você pode consultar um médico veterinário especialista em homeopatia, pois só ele poderá eligir os medicamentos mais adequados conforme o caso da sua cachorra e os respectivos resultados das análises.
A sua avaliação:
Maria Amélia Martin Ternero Cuin
Boa noite, hoje percebi que minha cachorrinha da raça lhasa apso, estava meio amuada não querendo comer, como ela esteve no cio recentemente e foi um cio que sangrou bastante, diferente dos outros cios fui verificar sua vagina e percebi que está saindo uma secreção purulenta meio amarronzada, ela nunca quiz cruzar com cães da raça e nunca teve cria, mas não é castrada, acho que está com piometra, dei dipirona para ela e amanhã vou levá-la ao veterinário ela já tem uns 5 anos o melhor é castra-la e retirar os ovários?
A sua avaliação:
EURIPEDES JEOVA DA PAZ
Minha cadela SRD de 8 anos nunca engravidou, nunca cruzou com cão, e foi detecta com piometra, foi feito a cirurgia e faleceu pode informar o que teha acontecido, causa da morte?
A sua avaliação:
EURIPEDES JEOVA DA PAZ
Cadela que nunca engravidou e não teve contato cachorro macho, pode ter a piometra?
jorge luis de oliveira campos
minha cadelinha de 11 anos de idade operou piometria á um mês e vem tendo altos e baixos o médico veterinario que a operou em 11-02-2016 estimou a recuperação plena dela em 30 dias.Cobrou 1.750 reais pela cirurgia,mais aplicações de anti-inflamátorios,mais antibióticos,braveto,exames,etc... Nisso tudo já gastei 2mil e 300 reais em 30 dias e nesse exato momento o animal está em casa tomando 25mg de doxifin de 12 em 12 horas 2,5 mg de prediderm de 12 em 12 hs diminuindo a dosagem gradativamente dia após dia,metacell pet 2 x ao dia e dipirona de 8 em 8horas.porém cadela não dorme á varios dias,está se alimentando com mamadeira 4 vezes ao dia e está ofegante,palpitante e andando.Não sei mais o que fazer,pois médico me mandou fazer tudo jamais colocou situação de obíto e sinceramente depois de dias e noites sem dormir , cansado e triste de ficar vendo o animal nessa situação nesse momento me sinto 100% enganado pelo médico vetérinario que além de cobrar isso e muito mais me fez gastar um dinheirão em medicamentos além das 4 consultas cobradas por fora por gentileza me ajudem pois não sei mais o que fazer estou com uma divida para os proximos 4 meses muito alta e preste a nperder minha querida amiguinha depois de 11 bons anos.O que devo fazer,pois acho que o médico deveria ter tido uma postura mais sincera e ética no decorrer de toda essa situação,pois além de em momento algun ter visto melhorias em minha amiguinha gastei o que não podia e ainda estou cansado,triste e sinceramente vendo minha amiga se esvair pouco á pouco.Ainda tenho muita fé de que ela sobreviverá apesar de tudo que estamos passando!O que mais me espanta é a ética da grana colocada em 1ºlugar esse tempo todo,por favor me ajudem em seus comentários?
MORGANAVENUS
PERCEBO QUE SUA MENSAGEM É DO DIA 15 DE MARÇO/2016 E QUE ATÉ A DATA PRESENTE NÃO OBTEVE RESPOSTA. AMIGO MINHA CADELINHA ESTÁ COM 12 ANOS DE IDADE, AOS 3 ANOS FICOU EPILÉTICA E TOMA GARDENAL, SE EU FOSSE TRATÁ-LA CONFORME O VETERINÁRIO ME ORIENTOU EM DAR TODOS OS DIAS O GARDENAL A ELA, COM CERTEZA ELA NÃO ESTARIA COMIGO A MUITO TEMPO. POIS BEM, CRIEI UM MÉTODO DE VERIFICAÇÃO PARA O USO DESSE MEDICAMENTO E SÓ DOU AO TER OBSERVADO ALGUM COMPORTAMENTO FORA DE SEU HÁBITO ACRESCENTANDO MUITO AFETO MOSTRANDO A ELA QUE EU ESTOU SEMPRE ALI, BRINCANDO SEMPRE COM ELA, DEU CERTO, EVITEI MUITAS CRISES, ÀS VEZES CHEGA A PASSAR MAIS DE 3 MESES SEM O REMÉDIO, PORÉM SEMPRE VIGIO. ESTA SEMANA, MINHA MENINA COMEÇOU COM OS SINTOMAS DA PIOMETRA, E DE ONTEM PARA CÁ NÃO DORMI A NOITE, PASSEI O TEMPO TODO COM ELA, E PRINCIPALMENTE, LIMPANDO A CADA SEGUNDO OS RESÍDUOS QUE DELA ESTAVA SENDO EXPELIDO, MAS TOMEI AS PROVIDÊNCIAS JÁ QUE DE MADRUGADA NÃO HÁ COMO PROCURAR O VETERINÁRIO, AINDA MAIS NO INTERIOR, LEMBREI QUE TINHA UM REMÉDIO ANTIBACTERIANO A BASE DE ANTIBIÓTICO E ADMINISTREI, DEPOIS DE DUAS HORAS APROXIMADAMENTE DEI-LHE UMA SOPINHA DE CANJIQUINHA DE MILHO COM O MÍNIMO DE SAL E ELA COMEU, OU SEJA, SE FOSSE A RAÇÃO ELA NÃO COMERIA JÁ QUE PARA ESTA NEM MAIS ESTAVA A FINS. HOJE, ÀS 14:30 HS DEI-LHE OUTRO COMPRIMIDO, E AINDA, PERCEBI QUE ESTAVA MAIS DISPOSTA E VOLTOU A PEDIR PELA COMIDA, CONTINUEI A LHE DAR A PAPINHA DE CANJICA DE MILHO E UMA BOLACHA DE SAL. AS SECREÇÕES EM EXCESSO CESSARAM, COM A GRAÇA DE DEUS O SEU ABDOME ESTÁ MAIS BAIXO. HOJE FIQUEI DE LIGAR PARA QUE O VETERINÁRIO VIESSE CONSULTÁ-LA EM CASA, COMO DE COSTUME, PAGO SUAS VISITAS PARA NÃO ESTRESSAR MEUS ANIMAIS, PORÉM, DEPOIS DO SEU RELATO, SÓ O FAREI DEPOIS QUE TERMINAR DE DAR O REMÉDIO QUE ESTOU DANDO, OU SEJA, DAQUI A CINCO DIAS. NÃO VOU DEIXAR QUE ME FAÇAM DE BOBA. MANDEI CASTRAR AS OUTRAS QUE TENHO, MAS ESTA OPTEI POR NÃO CASTRAR DEVIDO A EPILEPSIA E SUA IDADE, PORÉM, VOU PEDIR QUE DE IMEDIATO ELA SEJA OPERADA. SABE, SOU CONTRA O USO DE UMA MULTIDÃO DE REMÉDIOS TANTO EM PESSOAS QUANTO EM ANIMAIS, PARA MIM ISSO SE TORNA UM VENENO. A OPERAÇÃO É SIMPLES E SÓ USEI UM REMÉDIO PARA A CICATRIZAÇÃO E A DIPIRONA QUANDO OPEREI AS OUTRAS. NÃO SEI PORQUE DERAM TANTO REMÉDIO PARA A SUA. OLHA SÓ, ESTA MINHA CADELINHA OPEROU AS ORELHAS, O VETERINÁRIO PEDIU PARA ADMINISTRAR 3 REMÉDIOS, DE FORMA ALGUMA, DEPOIS DE SABER PARA QUE SERVIRIAM E SEUS CONTRA E A FAVOR, OPTEI SOMENTE POR UM. SABE, PARA MIM, MUITOS DELES SÃO COMO UMA BOA PARTE DOS MÉDICOS DE HUMANOS, DEVEM RECEBER POR CADA REMÉDIO. TEM MAIS, MINHA CADELINHA NUNCA TEVE CRIA, NUNCA TOMOU ANTICONCEPCIONAL, SE ISSO ACONTECEU FOI MESMO PELA QUESTÃO DA IDADE. SE VOCÊ DESEJA SABER QUAL FOI O REMÉDIO QUE DEI A ELA ME ADICIONE NO FACEBOOK ( MORGANAVENUSVENUS) QUE LHE PASSAREI PELO BATE PAPO, EM RESPEITO A ESSA COLUNA MARAVILHOSA É ANTIÉTICO CITAR O NOME AQUI. OK? CREIA, HÁ BONS PROFISSIONAIS QUE NÃO SE APROVEITAM DA NOSSA DOR, NÃO DEVEMOS PERDER A ESPERANÇA. ESPERO EM DEUS E DE CORAÇÃO QUE SUA CADELINHA TENHA SOBREVIVIDO. ABRAÇOS
Wellington Ricardo R. da Silva
Como faço para tratar este tipo de tratamento de Piometra da minha cachorra.E tem remédio para combate este tratamento e qual o nome dele muito obrigado!!!!Abraço
Marcilene
não tenho condições de pagar um veterinário, mas sei que minha cadela tem poimetra que remédio dou para ela. Por favor me ajude.
Veronica Valcacio
Minha cachorra está com piometra , só percebi por causa da sua barriga inchada, levei ela ontem no veterinário, mas ele me deixou muito triste pois ele disse q o caso dela só a cirurgia pode salvar mas q é uma cirurgia d muito risco devido a idade dela possa ser q ela ñ resista a cirurgia. .....estou arrasada........por favor alguém já fez essa cirurgia em sua cachorra com idade aprox à 10anos e ela sobreviveu.....
ARILSON ANASTACIO FRANCISCO
Bom dia! Perdi a minha SCHNAUZER, esse final de semana, devido a diabetes, que não estabilizou após a cirurgia. Mas o tratamento da piometra em si foi um sucesso mesmo ela tendo 08 anos......cicatrização ótima
sirley
Oi, a melhor solução é a cirurgia sim. Minha cadela tem 14 anos e foi hoje para a cirurgia. Correu tudo bem até o momento.

Como tratar a piometra canina
Imagem: animalmascota.com
Como tratar a piometra canina

Voltar ao topo da página