Partilhar

Como administrar brometo de potássio

Por Márcio Menino. Atualizado: 16 janeiro 2017
Como administrar brometo de potássio

O seu cachorro tem tido convulsões, e você pesquisou na Internet o que poderia ajudar o pobre animal. Falou com o veterinário que acabou confirmando o diagnóstico e receitou alguns medicamentos para dar ao cachorro, um deles o brometo de potássio. No entanto esqueceu de perguntar como administrar o brometo de potássio para que o cão fique melhor. Não tem problema, aqui no umComo nós podemos ajudar.

Também lhe pode interessar: Remédios caseiros para a diarreia em cães

Brometo de Potássio

O brometo de potássio (KBr) é um sal e foi descoberto no século XIX, inicialmente foi utilizado em seres humanos por diminuir a excitação sexual, na altura acreditava-se que a epilepsia era provocada pela masturbação. Quando na verdade e só mais tarde se descobriu que o brometo de potássio atua nos iões das células do cérebro evitando que estas disparem em todas as direções. Com o passar dos anos outros medicamentos mais eficientes foram sendo criados e o brometo de potássio deixou de ser utilizado em humanos, pelo menos nos EUA é proibido, na Alemanha ainda usam em determinados casos. Na medicina veterinária ele é utilizado como um medicamento de complemento à restante medicação.

Como administrar brometo de potássio - Brometo de Potássio

Capacidade do Brometo de Potássio

Normalmente os veterinários receitam fenobarbital para tratar as convulsões e as epilepsias. O problema é que esse medicamento pode acabar abusando do fígado, ou por vezes não ser suficiente. É nessa altura que entra em cena o brometo de potássio, que embora tenha um período de tempo maior para fazer efeito, quando associado ao fenobarbital, eles acabam por trabalhar em sinergia e se complementam, maximizando o efeito do brometo de potássio.

O brometo de potássio acaba substituindo as moléculas de cloreto pelas de brometo, evitando as tais convulsões e ataques epilépticos.

Administrando Brometo de Potássio

Geralmente ele vem em forma de cápsulas ou líquido para injetar. A forma talvez mais fácil e ideal de administrar o brometo de potássio é misturar com a comida. Dessa maneira consegue evitar alguns efeitos secundários tais como náuseas e vômitos. A vantagem do brometo de potássio é a sua flexibilidade na toma do medicamento, mesmo que esqueça de dar naquela hora pode dar mais tarde que o medicamento continuará a funcionar. E se fizer tudo certinho durante 6 meses as convulsões ficarão controladas e o cachorro curado da epilepsia. Deve sempre seguir as indicações do veterinário quanto à dosagem necessária, sendo que o normal no brometo de potássio é de 20-40 mg/kg por dia. O que num cão com 10 kg seria sensivelmente 200 mg diários. Quanto à ração convém não alterar mesmo que o cão tenha mais fome, é apenas um efeito secundário da medicação.

Como administrar brometo de potássio - Administrando Brometo de Potássio

Efeitos Secundários

Administrando o brometo de potássio existem alguns efeitos secundários que podem acontecer, embora o medicamento seja inofensivo para o animal:

  • Náuseas ou vômitos - se misturar com a comida acaba por evitar esses dois.
  • Aumento da sede e por consequência o cão vai urinar mais vezes.
  • Letargia, ele vai passar mais tempo descansando, com dificuldades em se mover.

Esses efeitos irão durar entre 2 a 3 semanas após o início da medicação. No entanto se eles persistirem o melhor será falar com o seu veterinário.

Como administrar brometo de potássio - Efeitos Secundários

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como administrar brometo de potássio, recomendamos que entre na nossa categoria de Animais de estimação.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
A sua avaliação:
Ada Valeria Gomes
Onde consigo compra brometo de potássio

Como administrar brometo de potássio
1 de 4
Como administrar brometo de potássio

Voltar ao topo da página