Partilhar

Como saber se a origem de um animal é legal

 
Por Paula Cassandra. Atualizado: 16 janeiro 2017
Como saber se a origem de um animal é legal

Nenhum especialista ou entidade aprova o comércio de animais silvestres no Brasil atualmente, que são aqueles retirados à força da natureza e que não são domesticados, como os bichos de estimação tradicionais, embora seja um traço bastante marcante da nossa cultura, o de manter aprisionadas outras espécies. Porém, ter informações de como saber se a origem de um animal é legal é fundamental a quem deseja levar para casa um desses bichos. Para o esclarecer a respeito disso, o umComo.com.br vai dar algumas dicas importantes.

Também lhe pode interessar: Como saber se o coelho está com frio
Passos a seguir:
1

Para saber se a origem de um animal é legal é preciso que ele possua um documento garantindo a sua adequada procedência, o qual é emitido pelo criador quando for vendido um dos seus exemplares. Isso significa que criadores e lojas autorizadas não devem vender o animal que foi retirado do seu habitat, apenas os seus descendentes. No entanto, além de existirem pessoas que comercializam espécies silvestres de forma ilegal e que não emitem esse documento, há também quem entregue documentos falsificados.

Como saber se a origem de um animal é legal - Passo 1
2

Desse modo, outra maneira de certificar-se de que a captura do animal seguiu as leis é conferindo se quem está vendendo o bicho possui a nota fiscal referente à compra do primeiro animal que adquiriu. Além disso, lojas autorizadas marcam os animais com tatuagem, brinco ou microchip, o que varia de acordo com a espécie, e funciona como um tipo de rastreamento. De qualquer forma, antes de adquirir o animal é preciso certificar-se que a loja ou vendedor seja de confiança.

3

Quando a origem do animal não é legalizada, isso significa que possivelmente ele foi transportado sem alimento e sem água e até mesmo sem ventilação adequada. No Brasil, para ter uma ideia, o tráfico ilegal de aves é bastante comum, sendo que de cada 10 exemplares roubados da natureza apenas oito sobrevivem. As várias espécies de aves também têm as suas asas cortadas e, não raro, são cegadas para se tornarem mais mansas.

4

Para evitar a aquisição de um animal silvestre que sofreu, o melhor, portando, é evitar adquiri-lo em feiras, onde é mais frequente encontrar espécies que passaram por maus-tratos. É importante esclarecer ainda que não existe como legalizar um animal silvestre e quem o comprou de maneira ilegal também comete um crime, que possui como pena uma multa, sendo que o animal é encaminhado para o Centro de Animais Silvestres de cada estado.

Como saber se a origem de um animal é legal - Passo 4
5

Por outro lado, quem preferir entregar o animal voluntariamente à entidade responsável não será penalizado. Já quem pretende denunciar uma pessoa ou loja que possua e/ou comercializa animais silvestres ilegais pode informar à Polícia Militar Ambiental, que é a responsável por fiscalizar um caso de denúncia e que age ainda quando está em campo e se depara com essa situação.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como saber se a origem de um animal é legal, recomendamos que entre na nossa categoria de Animais de estimação.

Escrever comentário sobre Como saber se a origem de um animal é legal

O que lhe pareceu o artigo?

Como saber se a origem de um animal é legal
1 de 3
Como saber se a origem de um animal é legal

Voltar ao topo da página