Partilhar

Como saber se meu gato está com sarna

Como saber se meu gato está com sarna
Imagem: wallsave.com

A sarna nos gatos não é tão comum como nos cachorros mas é uma doença da pele que também costumam sofrer, principalmente na área das orelhas. Esta doença é produzida, na maioria dos casos, por um ácaro chamado Notoedres Cati ou ácaro da sarna da cabeça, no entanto, existem vários tipos de sarna que se classificam em função do ácaro que as causa e da área afetada. Se notar que seu felino se coça além do normal e está começado a ficar com algumas partes do corpo vermelhas, pode ser que ele esteja com sarna. Para saber se o seu gato está com sarna, neste artigo de umComo.com.br contamos a você as bases para identificá-la.

A sarna nos gatos

A sarna é uma doença da pele causada por um tipo de ácaro. Geralmente, os ácaros da sarna são microscópicos e não podem ser identificados a olho nu, por isso é importante prestar atenção especial ao comportamento do nosso gato. Estes parasitas hospedam-se na pele do animal, mais especificamente na derme, mas nunca chegam ao interior do seu organismo. Os ácaros da sarna que mais afetam os gatos são:

  • Notoedres Cat, é o mais comum de todos e só afeta os gatos. Este tipo de ácaro começa se hospedando na cabeça e orelhas do felino e, pouco a pouco, vai se deslizando para o pescoço e o resto do corpo. As fêmeas deste tipo de ácaros cavam túneis na pele do animal, onde vivem e botam ovos, se alimentando do sangue e líquidos tissulares e provocando a queda do pelo e vermelhidão da pele.
  • Cheyletiella Spp, também pode acontecer em cachorros mas ataca os felinos com mais frequência. Neste caso os ácaros não cavam túneis, mas se alimentam da queratina e só vivem na superfície. Costuma ser confundido com a caspa porque os parasitas, ao se mexer, produzem uma descamação da pele.
  • Otodectes Cynotis, também é bem mais comum nos gatos do que nos cachorros. Neste caso, os ácaros hospedam-se no canal auditivo externo, sendo os maiores causadores da otite externa nos gatos. Assim como no caso anterior, não cavam túneis, mas se alimentam de queratina. Provocam a descamação da pele, aparecimento de casquinhas, eczemas e secreção de cor escura.

Como se contagia

Em todos os casos a sarna é contagiada por contato. Ao se tratar de parasitas que só vivem na pele dos animais, não são capazes de sobreviver fora dela por mais de duas semanas, e portanto, só podem passar de um para o outro. No entanto, não é necessário que se produza um contato físico entre os animais, basta apenas que estejam por perto, se esfreguem, tenham compartilhado algo, como a tigela de comida ou uma coberta, ou tenham estado no mesmo quarto.

Normalmente não acontecem contágios aos humanos mas, no caso do Cheyletiella Spp, pode ser que passe para a pele humana e produza uma infecção temporária que cause coceira e vermelhidão.

Sintomas da sarna

Cada tipo de ácaro produz alguns sintomas nos gatos, no entanto, os mais comuns são:

  • Queda do pelo;
  • Pele avermelhada;
  • Coceira abundante que desencadeia em uma coceira brusca e não deixar de lamber as áreas afetadas;
  • Inflamação local;
  • Aparecimento de casquinhas, principalmente nas orelhas;
  • Eczemas e descamação da pele;
  • Secreção escura no ouvido;
  • Em casos graves, sangramento pelo ouvido, hemorragias e perfuração do tímpano.

Geralmente, é difícil identificar a sarna durante o período inicial já que os sintomas começam a aparecer depois de duas ou três semanas da infecção, quando os ácaros já se desenvolveram por completo. Por isso é importante prestar atenção para saber se o felino se coça ou lambe mais do que o normal ou se o seu pelo está caindo além do normal. Nestes casos, deverá levá-lo ao veterinário o quanto antes para iniciar um tratamento.

Tratamento

Depois de diagnosticada a doença, o veterinário iniciará um tratamento para combatê-la. Em função do tipo de sarna e do estado em que se encontre, receitará um antiparasitário ou outro. Os tratamentos podem ir desde a aplicação de ampolas em algumas áreas do corpo do gato e gotas para os ouvidos até xampus especiais para esta doença, medicamentos de via oral como pílulas ou comprimidos antiparasitários, e injeções contra a sarna. Quando os infectados pela sarna são os filhotes de gato, não é normal usar as vacinas e o tratamento costuma se basear em banhos frequentes com sabonete antiparasitário específico, ampolas ou gotas e vaselina para as áreas descamadas.

Leia mais em: Como tratar a sarna em gatos com remédios caseiros

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como saber se meu gato está com sarna, recomendamos que entre na nossa categoria de Animais de estimação.

Escrever comentário sobre Como saber se meu gato está com sarna

O que lhe pareceu o artigo?
5 comentários
A sua avaliação:
Ana Julia
agora eu descobri a verdade, o meu gato está com sarna
Redação umCOMO (Editor/a de umCOMO)
Oi Ana! Lamento muito saber isso, mas é importante seguir as indicações do seu veterinário à risca.
A sua avaliação:
telmo antonio abreu
como fazer quando apareçer sarna no gato, somente queda de pelo no pesçosso , mas sem sangramento.
cida ornellas
Minha gatinha filhote está com uma ferida no pescoço .Parece que é sarna , não tenho condições de pagar uma consulta pra ela agora .O que faço para saber se é ou não .É como Tratar? Por favor me auxiliam
andrea
oi boa noite tem um gato do vizinho que esta com os pelos caindo em cima e nas pernas nao e vermelho e branco ela se cosa muito fui falar porque ela vem em casa o dono nem quer saber gostaria de saber se e sarna mesmo quero cuidar dela obrigada
Artur josé sottoriva.
Qual é o tratamento ; para erradicar de vez.
SIRLENE
Pipetas - Revolution ou Advocate , seguro e eficaz, mas não descuide de hidratar a pele passando pomadas com anestésicos para aliviar as coceiras, exemplos da Neodexa, ela é um pouco cara mas farmácias de manipulação fazem com preço Superr em conta. Espero que seu gato fique bom logo. Não desista, pode demorar um pouco mas cura. Lave com frequência a casinha dele, paninhos, passe desinfetantes potentes nos locais onde ele deita, (mas espere secar NÃO DEIXE ELE DEITAR OU PISAR NO LOCAL ASSIM) a higienização é fundamental, ja que se trata de um ácaro e se prolifera rápido pelo ambiente, dar banhos com sabonetes de enxofre é excelente, dê 2 por semana ao menos, com espaço de 4 dias - ex: domingo e quinta, depois você irá ver que basta um por semana, mas sempre passando a pomada após eles estarem sequinhos, pra aliviar as coceiras. Confie e ame seu gatinho msm assim, eu cuidei de 7 filhotes da minha gata, foi difícil mais Graças a Deus ficaram curados e eles nao podiam usar as pipetas então no meu caso demorou, mas hoje parece q Nunca tiveram nada, pelos lindos e saudáveis . Por fim Probióticos pra fortalecer a imunidade assim o próprio organismo reagirá e ajudará no tratamento. Vai lá, força... essa doença tem cura, muitos abandonam por causa disso, Amar tbm é Cuidar !!!!!!!!! Espero ter ajudado um pouco. Sucesso no Tratamento.

Como saber se meu gato está com sarna
Imagem: wallsave.com
Como saber se meu gato está com sarna

Voltar ao topo da página