Partilhar

Exercícios para um cão com artrose

Por Redação umCOMO. Atualizado: 20 janeiro 2017
Exercícios para um cão com artrose

Seu cão sofre de artrose? Então deve prestar atenção aos conselhos que vamos dar a você para cuidar do seu cachorro. Tratar de um cão com artrose não é difícil, mas deve ter em conta certas precauções para manter estável a sua saúde. A artrose não tem cura, mas seguindo o tratamento que indicar o veterinário, seu cão poderá ter uma boa qualidade de vida. Em umComo.com.br explicamos a você quais são os melhores exercícios para um cão com artrose.

Também lhe pode interessar: Como tratar um cachorro com artrose
Passos a seguir:
1

fatores que influenciam no aparecimento da artrose, um deles é a obesidade, a sobrecarga constante de peso gera uma tensão continuada sobre as articulações de seu pet. Por isso, é fundamental manter o peso de seu cão a um nível saudável, para que tenha um peso adequado a dieta é importante, mas também o exercício será o apoio final para o conseguir.

O fato do seu cão sofrer de artrose não quer dizer que ele não se possa mover minimamente, o exercício suave é preciso para aumentar, tonificar a musculatura e manter saudáveis e fortes as suas articulações.

2

A atividade física de seu cão deverá ser conforme a sua idade e em geral com seu estado físico. O mais recomendável é que seu cão faça exercício de forma regular todos os dias da sua vida, nunca comece de repente a submetê-lo de forma brusca a uma rotina agressiva de atividade esportiva.

A constância e a regularidade no exercício são fundamentais para o cuidado de seu cão com artrose. As necessidades de exercício variarão segundo o avanço da doença do cão e será o veterinário quem vai estabelecer uma dinâmica ou programa de exercícios adaptados à idade, ao tamanho e à raça de seu pet.

Exercícios para um cão com artrose - Passo 2
3

Segundo o grau e a localização da artrose, a frequência, a duração e a intensidade do exercício variará. O tipo de exercício dependerá também da massa muscular de seu pet, da intensidade da dor e da faixa de movimento das articulações.

Também deve ter em conta o tipo de exercício a realizar, por exemplo, nadar é totalmente recomendável e não tem nenhuma limitação. Se tiver a sorte de ter uma área para nadar próxima a sua casa, leve seu cão para que vá nadar com você e verá como aproveita e como faz bem. Mas se isto não for possível, pode dar vários passeios suaves por dia, sempre com a mesma intensidade.

Exercícios para um cão com artrose - Passo 3
4

Deve evitar sempre qualquer exercício que suponha movimentos bruscos e incontrolados como saltos, mudanças de ritmo, de postura, porque este tipo de circunstâncias elevam a tensão sobre as articulações. Deverá notar diariamente como seu cão sem comporta com a rotina de passeios, porque não há ninguém melhor que você para saber se está bem, se dói e se sente desconforto em algum momento específico.

Entre você e seu veterinário devem definir o grau de exercício que seu pet pode aceitar e ir adaptando com o tempo. Tem que perceber quando começa a dor, se em algum momento para, manca e se sente dor depois do exercício. São algumas das observações que deverá considerar para estabelecer uma rotina de exercício ideal.

Exercícios para um cão com artrose - Passo 4
5

É recomendável que faça exercício várias vezes por dia em diferentes momentos, pelo menos umas 3 vezes ao dia durante uns 15 ou 20 minutos. Sempre deve deixar que descanse se precisar, e nunca o deve forçar para continuar.

O padrão de atividade física deve ser idêntico todos os dias, muitas vezes quando chega o fim de semana essa rotina muda porque se tem mais tempo e às vezes se cai no erro de fazer passeios ou brincadeiras mais longas e intensas, mas se seu cão sofre de artrose, não é boa ideia que tenha essas mudanças de ritmo. Não deve deixar que seu cão acabe exausto, o exercício deve ser suave e quando acabar de brincar ou passear não deve estar exausto, cada vez que sair para passear e brincar com seu cão deve começar e terminar com um ritmo mais lento como aquecimento e esfriamento. Evite que salte, esse movimento é o que gera mais tensão sobre as articulações, em casa por exemplo se as superfícies sobre as quais costuma dormir ou brincar estão altas e tem de saltar, recomendamos a você que monte alguma rampa ou o adapte para seu estado de saúde.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Exercícios para um cão com artrose, recomendamos que entre na nossa categoria de Animais de estimação.

Escrever comentário

O que lhe pareceu o artigo?

Exercícios para um cão com artrose
1 de 4
Exercícios para um cão com artrose

Voltar ao topo da página