Partilhar

Como ajudar minha cadela a parir

Por Sara Viega. Atualizado: 16 janeiro 2017
Como ajudar minha cadela a parir

Quer ajudar seu animal em uma das experiências mais bonitas e comovedoras do mundo? O nascimento é um momento lindo e, se além do mais for seu pet, o momento é de muita doçura e amor. É um fato que implica ser responsável, por isso se tiver tomado a decisão da sua cadela ter descendência, assuma o seu papel e cuide dela e de seus filhotes. Em umComo.com.br vamos explicar para você como ajudar sua cadela a parir.

Passos a seguir:
1

Quando chegar o momento tão esperado, é normal que surjam muitas dúvidas sobre a melhor maneira de ajudar sua cadela. O mais importante é saber o que acontece durante a gravidez, os sintomas que avisam do parto e como ajudar nesse instante. A gravidez dura ao redor de 63 dias e nesse período notará que seu comportamento muda: estará mais tranquila, dormirá mais e perderá interesse pelos jogos que habitualmente gosta.

2

Sua cadela estará mais carinhosa, terá menos fome e ficará mais desconfiada dos cães. Seu aspecto também mudará: a partir do primeiro mês de gravidez sua barriga aumentará, as mamas incharão e terão uma cor mais vistosa. Aproximadamente desde o dia 25 de gravidez, os batimentos cardíacos começarão a ser perceptíveis em uma ecografia e, nas últimas semanas, se tocar o abdômen da sua cadela, sentirá o movimento dos bebês.

Neste artigo de umComo revelamos a você os sinais que ajudarão a saber se a sua cadela está grávida.

Como ajudar minha cadela a parir - Passo 2
3

Quando sua cadela estiver quase a parir também notará alguns sinais que podem variar de uma fêmea para outra. Começará a fazer buracos no solo para criar um ninho para colocar seus filhotes ao nascer; é uma atitude instintiva que responde à intenção de ter seus filhotes sãos e salvos.

Também começará a soltar leite e terá muito menos apetite. Passará a maior parte do tempo relaxada, deitada e gemendo; pode ser que inclusive vomite, algo totalmente normal. Por sua vez, é recomendável que nesse momento a sua cadela esteja bem hidratada, por isso deixe uma tigela com água ao seu alcance.

Neste artigo ajudamos você a saber se a sua cadela vai dar cria.

4

Estes sintomas de que a sua cadela está quase a dar cria podem aparecer mais de uma semana antes de dar à luz, enquanto outras passam por isso horas antes. As contrações podem durar de 10 minutos a meia hora.

Geralmente, entre o nascimento de um filhote e o seguinte podem passar entre 40 minutos e 1 hora. Em casos mais extremos, podem passar até 4 horas, por isso não estranhe nem se preocupe, pois pode ser algo normal.

5

Quando os filhotes tiverem nascido, normalmente a mãe limpa toda a placenta. Você pode ajudar nisso mas não a incomode. É algo que a cadela costuma fazer, além disso às vezes come parte dessa placenta. Se quiser pode limpar por cima com um pano suave e limpo.

Se perceber que o cordão umbilical não se desprendeu de forma natural, pode retirar com muito cuidado. Quando os bebês estiverem limpos, deve se certificar que se agarram às mamas e tomem leite. Este leite materno é necessário para os pequenos, é rico em nutrientes e conta com as defesas para que seus filhotes combatam as doenças.

Como ajudar minha cadela a parir - Passo 5
6

É fundamental que a sua cadela tenha um sítio quente, seguro e cômodo para parir e criar os bebês. Deve ter certa tranquilidade, intimidade e uma temperatura morna.

Há raças que costumam ter complicações nos partos e, às vezes, é preciso recorrer à cesárea; nestes casos, é muito importante que fale com seu veterinário para ver se o parto pode ser em casa ou não. Se não for o caso, quando chegarem as contrações vá de imediato a uma clínica para cuidarem dela e não correr riscos.

7

Os problemas mais comuns durante o parto são a inércia uterina e as distocias, dificuldades que implicam um impedimento para a cadela expulsar os filhotes. Isso pode ser porque são muito grandes, estarem colocados de forma inadequada, por malformações ou inclusive rompimentos na pélvis. Se notar que a sua cadela tem dificuldades para expulsar o filhote, pode ajudar com muito cuidado. Se conseguir ver o filhote, puxe-o com cuidado.

Como ajudar minha cadela a parir - Passo 7
8

Quando estiverem todos fora, deixe que a mãe passe um tempo com eles, limpando, acariciando e alimentando. Deixe água ao seu alcance, principalmente porque estará exausta. Pode ser que nas primeiras 24 ou 48 horas não tenha muita fome, mas nunca é demais deixar uma ração apropriada para seu estado (recomendada pelo veterinário), caso sinta apetite.

O recomendável é que, assim que souber que sua cadela está prenha, vá ao veterinário para saber se tanto a fêmea como os filhotes estão bem, assim fará um acompanhamento do seu estado, podendo deixar clara a possibilidade de um parto em casa.

Neste outro artigo contamos para você como cuidar de uma cadela grávida.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como ajudar minha cadela a parir, recomendamos que entre na nossa categoria de Animais de estimação.

Escrever comentário sobre Como ajudar minha cadela a parir

O que lhe pareceu o artigo?
5 comentários
A sua avaliação:
Edna
Amei esse artigo me ajudou muito 👏👏👏😍😍
Andreia Ventura
minha cadela é da raça pincher ,tem apenas 01 aninho e 11 meses e vai parir , meu receio é ela demorar a saída dos filhotes e eu não conseguir perceber se terá que ir para o veterinário fazer cesária .Ja foi feito ultra som e sei q são 02 apenas.
Editor umComo.com.br
Oi Andreia! É importante que você tenha o número do médico veterinário por perto para altura do parto e que seja um médico que faça atendimento 24h (é muito comum que tenham os filhotes durante a noite). Esteja atento aos sinais de parto e se vir que ela não consegue ter os filhotes ou que nasce um e o outro não, ligue para o veterinário.
A sua avaliação:
Aparecida Luzia de Jesus.
Minha cadelinha foi diagnosticada com leschimaniose .está grávida, tem chance dos filhotes nascerem com a doença?. Eles podem amamentar nela ou tem perigo de pegar a doença pelo leite?. Queria saber, será que os filhotes nascem com a leschimaniose?.. Muito obrigada pela informação. Boa noite.
Editor umComo.com.br
Oi Aparecida! Sim, a transmissão transplacentária pode ocorrer. Você deve consultar o seu médico veterinário de confiança para que acompanhe o caso de perto devido aos riscos dessa gravidez.
A sua avaliação:
CECILIA APARECIDA DA SILVA MORAES
OI por favor gostaria de fazer uma pergunta minha cachorra tem dois anos e meio e só agora teve seu primeiro cio é normal será ??
A sua avaliação:
Luciana Bata
Gostei muito de saber como posso ajudar minhas cadelinhas a parir e cuidar melhor delas. . Tenho 2 pintch 0
Sara Viega (Editor/a de umCOMO)
Oi Luciana! Que bom saber que a informação foi útil para você! Obrigada pelo seu comentário e boa sorte com suas cadelinhas :)

Como ajudar minha cadela a parir
1 de 4
Como ajudar minha cadela a parir

Voltar ao topo da página