Partilhar

Como escolher a comida do meu gato

Por Sara Viega. Atualizado: 20 janeiro 2017
Como escolher a comida do meu gato

Os gatos são excelentes animais de estimação: independentes, curiosos e carinhosos, são animais que precisam de muitos cuidados para estar saudáveis, como qualquer outro. E um dos aspectos mais importantes a considerar é sua alimentação. Mas, o que devemos considerar para escolher o alimento ideal do felino? Em umComo.com.br explicamos como escolher a comida do gato e garantir assim a nutrição e saúde do seu animal.

Também lhe pode interessar: Como saber quando devo vacinar meu gato

Esqueça de alimentá-lo com sua comida

Um aspecto que é importante na hora de escolher a comida do seu gato, é que estes animais não devem, de forma nenhuma, comer o mesmo que você. Você não deve dar ao seu gato nem as sobras, nem alimentos que normalmente comeria, pois não são adequados para o animal, não contêm os nutrientes e vitaminas que ele precisa, e mais importante ainda, podem ser tóxicos para seu gato.

Atento aos ingredientes

Existem ingredientes que não devem estar presentes em uma ração para gatos, pois poderiam prejudicar a saúde do seu animal. Na hora de escolher a comida de gato, olhe bem os ingredientes que contém e certifique-se de que:

  • Não contenha conservantes como a etoxiquina, o BHA e o BHT pois poderiam chegar a ser cancerígenos para o gato;
  • Que a porcentagem de cereal com a qual foi elaborado o alimento não seja muita alta, pois isto quer dizer que o alimento não é de grande qualidade;
  • Que, de preferência, na lista de ingredientes identifiquem o animal de onde provêm e com o qual foi feita a ração. Não é o mesmo "de origem animal" que de carne ou de peixe. Quanto mais explícitos forem os ingredientes mais certeza terá de estar dando ao seu gato um bom alimento;
  • A carne ou o peixe devem ser os ingredientes principais da comida do seu gato, não os cereais, as farinhas ou outros compostos;
  • As gorduras também devem ser identificadas muito bem, indicando de que animal vêm. Da mesma forma, evite as rações que contenham derivados animais pois não são proteína adequada para o gato.

A umidade da ração do gato

Sabemos que os gatos não são muito amigos de beber água, o que a médio prazo pode gerar problemas renais importantes. Tudo isto se deve ao tipo de alimento que damos ao nosso felino. A ração que adquirimos normalmente conta em média com apenas 8% de umidade, o que faz com que o gato deva compensar esta falta de líquido pela ingestão de água. O problema é que este animal não é um grande bebedor de água.

Nesse caso é muito importante que a comida escolhida para o gato seja o mais úmida possível. O alimento enlatado é um grande aliado neste aspecto, mas também é verdade que é bem mais caro. Por isso talvez seja recomendável adquirir uma ração de qualidade para seu gato que contenha a maior quantidade de líquido possível, e acrescentar um pouco de água na hora de servir para umedecer o alimento. Depois do felino se habituar, você verá como terá menos necessidade de beber água e estará mais saudável.

Considerações segundo suas necessidades

Todas as considerações anteriores devem ser analisadas no momento de escolher a comida de seu gato. Mas além disso, é bastante importante considerar a idade e estado do seu animal para escolher sua comida. Por isso recomendamos:

  • Que adquira um alimento indicado para a idade de seu felino. Os gatos pequenos têm necessidades nutricionais diferentes das dos gatos adultos, por isso convém prestar atenção a esta especificação;
  • Se seu gato foi esterilizado terá tendência à obesidade, por isso é importante que a ração tenha uma porcentagem baixa de gorduras e muito líquido, para prevenir assim os problemas renais no animal;
  • Em todos os casos, é recomendável alternar a ração com o alimento em lata, deste modo o gato se manterá hidratado.

Nem tudo é uma questão de preço

Como poderá notar depois de toda esta explicação, para escolher o melhor alimento para seu gato é importante parar e avaliar com detalhe os ingredientes que contêm e a tabela nutricional, assim como faríamos com a nossa própria comida. O preço mais alto nem sempre corresponde ao melhor alimento, por isso além do orçamento é importante considerar quais são as alternativas mais saudáveis para que nosso felino se mantenha saudável e feliz.

Se pretende ler mais artigos parecidos a Como escolher a comida do meu gato, recomendamos que entre na nossa categoria de Animais de estimação.

Escrever comentário sobre Como escolher a comida do meu gato

O que lhe pareceu o artigo?
1 comentário
A sua avaliação:
Roberta da Conceição
Boa noite gostaria de saber se os felinos as gatas pode tomar dipirona e dramim

Como escolher a comida do meu gato
Como escolher a comida do meu gato

Voltar ao topo da página